Copom reduz a taxa Selic para 7,5% ao ano

LinkedIn

Comitê de Políticas Monetárias (Copom) anunciou hoje (25), após dois dias de reuniões, que decidiu por unanimidade a redução da taxa Selic para 7,50% ao ano, um corte de 0,75 ponto percentual. A queda já era esperada pelos analistas.

Em nota, eles afirmaram que os indicadores de atividade econômica apontam para uma recuperação gradual da economia. O Copom avalia que a inflação evolui de forma favorável, conforme o esperado. Segundo o relatório Focus, a projeção da inflação para 2017 está em 3,1% e para 2018, está em 4%.

“O Comitê ressalta que seu cenário básico para a inflação envolve fatores de risco em ambas as direções. Por um lado, a combinação de (i) possíveis efeitos secundários do choque favorável nos preços de alimentos e da inflação de bens industriais em níveis correntes baixos e da (ii) possível propagação, por mecanismos inerciais, do nível baixo de inflação pode produzir trajetória prospectiva abaixo do esperado. Por outro lado, (iii) uma frustração das expectativas sobre a continuidade das reformas e ajustes necessários na economia brasileira pode afetar prêmios de risco e elevar a trajetória da inflação no horizonte relevante para a política monetária.  Esse risco se intensifica no caso de (iv) reversão do corrente cenário externo favorável para economias emergentes”, divulgaram.

Assim, eles entenderam que a conjuntura econômica pede por uma política monetária estimulativa, ou seja, com taxa de juros abaixo da taxa estrutural.

“Para a próxima reunião, caso o cenário básico evolua conforme esperado, e em razão do estágio do ciclo de flexibilização, o Comitê vê, neste momento, como adequada uma redução moderada na magnitude de flexibilização monetária. O Copom ressalta que o processo de flexibilização continuará dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos, de possíveis reavaliações da estimativa da extensão do ciclo e das projeções e expectativas de inflação”, concluem.

Histórico

Esta é a nona redução seguida da taxa de juros básicos da economia. Com isso, a Selic se iguala a maio de 2013, quando também estava em 7,5% ano ano, e se aproxima do menor nível da história quando foi mantida a 7,25% ao ano, entre outubro de 2012 e abril de 2013.

Deixe um comentário