Exportações para o mercado asiático cresceram 37,6% em Setembro de 2017

LinkedIn

No mês de setembro, ampliaram-se as vendas para a Ásia em +37,6%, sendo que a China cresceu 50,5%, para US$ 3,6 bilhões, por conta de soja em grão, carne bovina, catodos de cobre, ferro-ligas, centrifugadores, açúcar em bruto, algodão em bruto, minério de manganês, hidrocarbonetos, celulose).

As vendas para os seguintes países também cresceram no nono mês de 2017:

– África (+35,2%, em decorrência de açúcar, milho em grão, carne de frango, arroz em grão, café em grão, óxidos e hidróxidos de alumínio, ônibus, tubos de ferro fundido, bovinos vivos);

– Oriente Médio (+26,0%, principalmente por açúcar em bruto, carne bovina, minério de ferro, óxidos e hidróxidos de alumínio, coque de petróleo, chassis com motor, pedras preciosas/semipreciosas, óleos combustíveis, ouro em forma semimanufaturada);

– União Europeia (+15,9%, por conta de milho em grão, minério de cobre, torneiras/válvulas, minério de ferro, ferro fundido, alumínio em bruto, gasolina, máquinas p/terraplanagem, ferro-ligas);

–  Estados Unidos (+13,4%, por conta de petróleo em bruto, tubos de ferro fundido, máquinas p/terraplanagem, celulose, suco de laranja não congelado, semimanufaturados de ferro/aço, etanol, fumo em folhas, ferro fundido, madeira compensada); e

– Mercosul (+9,4%, sendo que a Argentina cresceu 32,1%, por conta de automóveis de passageiros, autopeças, tratores, máquinas p/terraplanagem, semimanufaturados de ferro/aço, minério de ferro, laminados planos, máquinas p/uso agrícola, motocicletas, inseticidas, ônibus, polímeros plásticos).

Por outro lado, decresceram as vendas para:

– América Central e Caribe (-6,6%, por conta de petróleo em bruto, óleos combustíveis, semimanufaturados de ferro/aço, chassis com motor, perfis de ferro/aço, papel e cartão, fio-máquina de ferro/aço, café em grão); e

– Oceania (-2,8%, por conta de açúcar em bruto, suco de laranja congelado, pneumáticos, gelatinas industriais, medicamentos, fios elétricos, lápis p/escrever).

Clique aqui para saber mais sobre as exportações brasileiras em Setembro de 2017.

Em termos de países, os cinco principais compradores foram: 1º) China (US$ 3,593 bilhões), 2º) Estados Unidos (US$ 2,260 bilhões), 3º) Argentina (US$ 1,431 bilhão), 4º) Países Baixos (US$ 668 milhões) e 5º) Japão (US$ 642 milhões).

Deixe um comentário