Notícias do Mercado - 27/10/2017

LinkedIn

Aqui no Brasil, após a votação da denúncia contra o presidente ter sido barrada, a expectativa era de que o governo teria terreno livre para tentar aprovar uma reforma da Previdencia, mesmo que bem enxuta. Ontem o Rodrigo Maia e Henrique Meirelles reabriram negociações sobre o tema, mas não conseguiram definir data para votação do projeto. Demonstrando pessimismo, líderes dos principais partidos da base aliada já avaliam que o projeto dificilmente avançará até as eleições do próximo ano.

No exterior o destaque do dia é a divulgação da primeira estimativa do PIB do terceiro trimestre dos Estados Unidos. O indicador deve mostrar desaceleração em relação ao trimestre anterior, refletindo o impacto dos furacões Harvey e Irma que atingiram o país nesse período. Outro ponto que atrai atenção dos investidores está relacionado às especulações em torno da troca de comando do Fed. Entre os mais cotados estão o economista John Taylor, considerado “ultra hawkish”, e o diretor do Fed Jerome Powell, impulsionando o dólar contra outras divisas. Até o momento as bolsas europeias e futuros de índice em Nova York negociam no terreno positivo, após tom mais suave do Banco Central Europeu (BCE) ontem. No mercado de commodities, o petróleo mantem alto patamar, com o Brent na casa de 59 dólares o barril.

DESTAQUES CORPORATIVOS

  • Banco do Brasil e espanhol Macro reatam namoro por Patagônia: Coluna do Broad
  • BB Seguridade aprova recompra de até 10 mi ações ordinárias
  • CCR: Receita líquida 3T supera maior est.
    • CCR aprova emissão de R$ 800 mi em debêntures da Rodoanel Oeste
    • Recuperação mais acelerada do que o esperado para o volume de tráfego e performance surpreendente do Metro Bahia foram os destaques da CCR no 3T, dizem analistas do Bradesco BBI em relatório
  • Copasa: Lucro líquido 3T frustra menor est.
    • Ebitda de R$ 384 mi ficou abaixo da expectativa do Itaú BBA de R$ 459 mi devido a baixas vendas no setor de esgotos, segundo relatório de analistas
    • Cia. continua comprometida com política de desinvestimento
  • Embraer: Receita 3T fica 3,7% abaixo da est.
    • Embraer prevê entrega de 85 a 95 jatos comerciais em 2018
  • Enel e Equatorial demonstram interesse na Light: Valor
  • Engie Brasil: Receita 3T frustra menor est.
  • Estácio: Lucro líquido 3T supera est.
    • Foco da cia. continua sendo aumentar os lucros às custas de queda nas matrículas, dizem analistas do Bradesco BBI em relatório
    • Resultados foram positivos, cia. continua a mostrar expansão das margens, dizem analistas do Safra em relatório
      • Novos sistemas acadêmicos a serem implementados em 2018 são iniciativa positiva para o longo prazo
  • Fleury: Lucro líquido 3T fica 1,7% abaixo da est.
    • Sete novos centros de atendimento de pacientes ficaram acima das estimativas do Bradesco BBI para o 3T, dizem analistas em relatório
      • Resultados, no entanto, vieram mais fracos do que o esperado e perspectiva para os próximos meses é de queda na demanda por diagnósticos
    • Resultados foram mistos, mas em linha com as expectativas, dizem analistas do Safra em relatório
      • Mesmo com forte abertura de novos centros, vendas ficaram em 10%, contra 12% do primeiro semestre
  • Klabin rebaixada a ’market perform’ por Banco do Brasil
  • GPA: Receita líquida 3T em linha est.
  • Hering: Lucro líquido 3T em linha est.
  • Itau: Liquidação da aquisição varejo do Citi será em 31/out
  • JBS: CVM abre novo processo p/ apurar responsabilidade irmãos Batista
  • Oi: Presidente Anatel diz que intervenção na cia. não é mais iminente: G1
  • Petrobras eleva preço da gasolina em 1,7%, corta diesel em 0,5%
  • Oferta da Restoque pode somar R$ 800 milhões: Valor
  • Raia Drogasil: Lucro ajustado 3T frustra menor est.
  • Suzano: Lucro líquido 3T supera maior est.
  • São Carlos conclui venda de participação na CE Aço por R$ 296 mi
  • Usiminas: Receita líquida 3T fica 1,9% acima da est.

Deixe um comentário