Operadora do Burger King no Brasil pede registro para IPO à CVM

LinkedIn

A BK Brasil, operadora da rede de fast food Burger King no país, apresentou nesta sexta-feira (20) pedido para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) com distribuição primária e secundária, conforme propospecto preliminar enviado à Comissão de Valores Mobiliários.

A abertura deve acontecer em dezembro e tem potencial para movimentar cerca de R$ 20 bilhões. Os recursos capitados na oferta primária devem ser usados para a expansão orgânica de novos restaurantes e a aceleração de quiosques de sobremesas nos próximos anos. Além disso, parte do valor também será destinada a pesquisas e desenvolvimentos de novas marcas de fast food.

Os controladores Vinci Capital Partners Investimentos e Montjuic Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia serão vendedores na oferta secundária, assim como a Sommerville Investments. O Banco Itaú BBA será o coordenador líder da oferta, acompanhado também por Bank of America Merril Lynch, Bradesco BBI, BTG Pactual, JP Morgan e XP Investimentos.

BR Distribuidora, Algar Telecom e Neorenergia são as outras empresas que buscam abrir capital também no último mês do ano

Fonte: Reuters. 

Deixe um comentário