Powell e Taylor disputam o comando do Fed e afetam o mercado

LinkedIn

O dólar americano vem sofrendo nas últimas semanas com as especulações sobre quem será o novo presidente do Federal Reserve (Fed). As escolhas de Donald Trump indicam que pode ser tanto um líder da mesma linha de Janet Yellen, atual presidente, quanto alguém completamente diferente. Os principais nomes mencionados são o atual governador do Fed, Jerome H. Powell, e o professor de economia da Universidade de Stanford, John B. Taylor. A escolha deve ser anunciada no dia 02 de novembro.

Powell possui a mesma dinâmica que Yellen, o que indicaria a manutenção da atual política monetária dos Estados Unidos, incluindo as expectativas da alta de juros do país. Taylor, por outro lado, é popular entre os republicanos conservadores, especialmente por defender que o crescimento econômico através da não intervenção do banco central.

O professor de Stanford é criador da regra que relaciona os juros básicos definidos pelos bancos centrais com desvios quanto à taxa de desemprego em relação à taxa natural e inflação em relação à meta. Ele acredita que o Fed foi responsável por dificultar a recuperação econômica após a crise financeira de 2008, e que uma fórmula matemática deveria ser adotada ara orientar a movimentação da taxa referencial.

Ao mesmo tempo, Powell ganhou força no final da semana passada, já que isso permitiria que Trump colocasse um republicano no comando do banco central, sem ter que alterar a política monetária. Desde 2012, quando o atual diretor entrou para o Federal Reserve, ele vem apoiando políticas expansivas que estimulam o crescimento.

Deixe um comentário