Santander muda recomendação de Embraer para “abaixo do mercado”

LinkedIn

A equipe de análise do Santander atualizou a recomendação para Embraer (BOV:EMBR3), rebaixando-a de “manutenção” para “abaixo do mercado”. Os resultados “fracos” do terceiro trimestre e mudanças relevantes na concorrência fundamentam a decisão do analista Pedro Bruno.

O preço-alvo estipulado para o fim de 2018 é de US$ 19 por ADR (recibo de ações negociado na Bolsa de Nova York), algo próximo a R$ 15,40 por ação EMBR3. Nesta segunda-feira (30) na B3, os papéis recuavam 1,73%, cotados a R$ 15,34, enquanto o Ibovespa perdia 0,93%.

Na sexta-feira (27), além de apresentar os números trimestrais, a fabricante de aeronaves divulgou projeção de margem operacional de 5,0% a 6,0% em 2018. “Ao incorporar em nosso modelo, vemos uma revisão negativa de 30% para o lucro líquido de 2018”, diz Bruno.

Ele também vê como fator negativo a recém-anunciada associação entre as fabricantes de aeronaves Airbus e Bombardier no programa de jatos comerciais CSeries, que acirra a competição no segmento com a Embraer.

“Considerando este novo panorama, vemos o atual patamar de 17x Preço/Lucro estimado para 2018 (média histórica de 12x) como sobreprecificado, não oferecendo oportunidades de compra em EMBR3”, afirma o analista do Santander em nota a clientes.

Fonte: Money Times. 

Deixe um comentário