5 carteiras recomendadas para o curto prazo

LinkedIn

Apesar da constatação de um período conturbado para o Ibovespa nos últimos tempo, as corretoras acreditam que é um bom momento para ajustar os portfólios e aproveitar um eventual repique de curto prazo. Confira:

Ativa Investimentos

“Devido à perda da tendência de alta no curto prazo”, a equipe de analistas da Ativa substituiu as ações da Iochpe Maxion (MYPK3) pelas da Raia Drogasil (RADL3).

Guide Investimentos

A corretora manteve a sua carteira recomendada para esta semana, justificando que ainda há os relatórios trimestrais da Itaúsa (ITSA4), da Petrobras (PETR4) e da Tenda (TEND3) para serem divulgados, mas a perspectiva é positiva para os dados.

Socopa

A Socopa trocou as ações  do Banco do Brasil (BBAS3) pelos papéis da Sabesp (SBSP3). “A troca reflete a opinião de que a reação do mercado ao resultado da segunda revisão tarifária da Sabesp foi exagerada, abrindo espaço para compra do papel. Além disso, entendemos que a ação tem característica mais defensiva para compor nosso portfólio em um momento de maior volatilidade da bolsa brasileira”, afirmou o analista Nicolas Takeo.

Terra Investimentos

A corretora trocou as ações da Cielo (CIEL3) pelas da Lojas Americanas (LAME4), pois “a empresa começa a aproveitar os vetores da recuperação econômica no Brasil. Acreditamos que no médio prazo as lojas físicas tendem a entregar uma melhora na performance, através de aumento no consumo que está relacionada diretamente às categorias de produtos da companhia”.

XP Investimentos

A XP avalia que o Ibovespa perdeu um forte suporte com a correção após três semanas de consolidação, sendo agora um momento de “repique de curto prazo”. Assim, a corretora optou por retirar as ações da Klabin (KLBN11), da BR Malls (BRML3) e da B3 (BVMF3), para incluir as da CSN (CSNA3), do Itaú (ITUB4) e da Kroton (KROT3).

Deixe um comentário