BC: país precisa de fundo para garantir grandes bancos e seguradoras

LinkedIn

O Brasil precisa de um fundo para garantir riscos de quebras de grandes instituições que possam colocar em perigo o sistema financeiro nacional, incluindo grandes bancos, bolsas e seguradoras, afirma o diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do Banco Central (BC), Sidnei Correa Marques. Durante o 12 Seminario Internacional Acrefi, ele lembrou que o país hoje já tem o Fundo Garantidr de Crédito (FGC) para instituições menores, mas precisa criar mecanismos que preservem funções críticas para a economia.

Caso uma entidade sistêmica entre em dificuldades, precisa haver um plano de recuperação, que comece com a própria instituição e depois se for preciso com a ajuda oficial. “Há questões que tem de ser definidas, como de onde virão os recursos para a instituição, primeiro dos sócios, depois instrumentos de dívida (titulos) credores e por fim um fundo de resolução que tem de ser criado”, afirma. “Para instituições não sistêmicas já tem o FGC, mas o país precisa criar um fundo para instituiçoes com riscos sistemicos”, diz Marques.

Ele cita ainda a necessidade de criar regras para tratar a desigualdade entre instituições públicas e privadas e bancos estrangeiros. E que as regras incluam instituições de infraestrutura de mercado, como bolsas, e seguradoras. “Por isso estamos conversando sobre o regime de resolução a Comissao de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendencia de Seguros Privados (Susep)”, diz.

Comentários

  1. jaime diz:

    Por que este assunto nunca foi discutido antes?? Existe alguma “sombra” no mercado ainda não revelada??

Deixe um comentário