Bitcoin é negociado a R$ 34 Mil no Brasil

LinkedIn

O Bitcoin (COIN:BTCUSD) finalmente superou a maior barreira psicológica de todas, passando os US $ 10.000 e não mostrando sinais de parada. Após uma semana de consolidação em níveis máximos de todos os tempos em torno de US $ 8.000, o Bitcoin encontrou força para avançar durante o feriado de Ação de Graças, nos Estados Unidos.

Com a Black Friday, a moeda atingiu níveis máximos, flutuando acima dos US $ 8.000, antes de superar o nível de US $ 9.000 no sábado e imediatamente apontar para a marca de US $ 10.000 no domingo.

O ano de 2017 foi impressionante para a criptomoeda, uma vez que em Janeiro, o Bitcoin era cotado a menos de US$ 1.000. O salto do preço para mais de US$ 10 mil dólares representa mudanças incríveis no mercado de criptomoedas.

Nas últimas 24 horas, o volume de negociação do bitcoin excedeu os US$ 5 bilhões.

Os preços foram impulsionados pela decisão tomada no mês passado pelo CME Group, maior operador de bolsa de derivativos do mundo, de lançar contratos futuros de bitcoin até o final do ano em resposta à demanda de alguns de seus grandes usuários.

Esse movimento ajudou a dar legitimidade às criptomoedas aos olhos de alguns investidores, mas analistas alertaram que uma bolha do ativo está se formando.

Às 14h desta quarta-feira, a moeda estava cotada a R$ 34.579,04

Deixe um comentário