Credit Suisse eleva preço-alvo para ações da B3 após resultados

LinkedIn

O time de análise do Credit Suisse melhorou a aposta para as ações da B3 (BOV:BVMF3) após a divulgação dos resultados do terceiro trimestre. O banco suíço reiterou a recomendação “outperform” (expectativa de desempenho acima da média do mercado) e elevou o preço-alvo em 12 meses de R$ 24 para R$ 28, o que equivale a um potencial de alta ao redor de 25%.

O Credit Suisse enaltece o fato de a bolsa de valores B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) mostrar aceleração das receitas via mercados de ações e derivativos, além dos registros de financiamentos de veículos, segundo relatório enviado a clientes nesta segunda-feira (13).

“Esperamos agora que a B3 entregue lucro líquido de R$ 2,369 bilhões em 2018, 1,9% acima da nossa previsão anterior”, diz o texto assinado por Lucas Lopes, Marcelo Telles e Alonso Garcia.

Na manhã desta segunda-feira, as ações da B3 operavam com valorização de 1,21%, cotadas a R$ 22,67. No mesmo instante, o Ibovespa subia 0,26%, aos 72.354 pontos.

Fonte: Money Times

Comentários

  1. CLAUDIO LUIS RODRIGUES diz:

    Bom dia

    Infelizmente não esta dando certo as medidas tomadas pelo atual governo a reforma da CLT poucos empresários entenderam a incerteza que paira na economia, não adiantará de nada uma mini reforma na Previdência, os investidores após a segunda denuncia ofertada contra o Presidente e de nada adiantou vê o Brasil com outros olhos ? O cenário piorou muito após a votação e as negociatas dentro do Palácio do Planalto? Nosso Judiciário esta infelizmente uma boa parte politizada? Isto não é bom para uma Nação!

Deixe um comentário