Bitcoin sobe US$ 3 mil em um dia e ultrapassa US$ 15 mil

Google+ LinkedIn

O bitcoin (COIN:BTCUSD) atingiu nesta quinta-feira pela primeira vez o patamar de US$ 15 mil, de acordo com a CoinDesk. Há pouco, a moeda virtual atingiu nova máxima, a US$ 15.058, horas após superar US$ 14 mil pela primeira vez.

Os ganhos do bitcoin têm acelerado recentemente, com alta de mais de 40% apenas na última semana. “O bitcoin e as criptomoedas são algo excitante, novo, e as pessoas querem fazer parte disso”, afirmou Cedrid Jeanson, ex-operador do JPMorgan Chase, que começou a BitSpread, fundo de hedge centrado em bitcoins.

O último salto ocorre apesar de quase US$ 70 milhões em bitcoins terem sido roubados de um serviço de mineração de criptomoedas chamado NiceHash, após uma falha na segurança, o que levou a companhia a interromper operações durante pelo menos 24 horas.

Agora, as criptomoedas recebem maior atenção dos investidores institucionais. Três bolsas nos EUA devem oferecer contratos futuros de bitcoin, entre elas o CME Group e o Cboe Global Markets, que lançarão contratos futuros ainda neste mês.

Instabilidade

O bitcoin é um sistema cuja tecnologia se baseia na sua própria rede de usuários para funcionar, o que faz com que especialistas considerem-no como um ativo de alto risco. Não há empresas ou governos controlando as regras das transações ou estabelecendo os valores para as moedas. As cotações são definidas por empresas chamadas de “corretoras”, que fazem a troca por dinheiro “real” segundo suas próprias regras.

Como não há rastro real por trás da moeda virtual, as cotações oscilam bastante em função da oferta e demanda. Eventos como problemas em corretoras ou adesão ou rejeição da moeda por parte de instituições também se refletem no preço.

*Informações: Down Jones Newswire 

Tudo sobre o fascinante mundo de Criptomoedas, Blockchain. ICO's, etc

Comentários

  1. Carlos Roberto Martins diz:

    Por da para você mim pagar os valores dos Biticonde em dinheiro.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.