Bom dia, Investidor! 07 de dezembro de 2017

Google+ LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

A quinta-feira começa com a notícia de que o Comitê de Política Monetária (copom) reduziu mais uma vez a Taxa Básica de Juros (taxa selic) a 7,0% ao ano. Com isso, o Banco Central indicou que deve continuar cortando a taxa básica de juros no início do ano que vem, adotando a estratégia da “escadinha” e desacelerando mais uma vez o ritmo de corte, para 0,25 ponto, para então encerrar o ciclo de queda da Selic.

Quanto a reforma da previdência, presidente Michel Temer tem o apoio de 260 deputados a favor da reforma da Previdência. O número é menor que o esperado pelo próprio Palácio do Planalto e também está bem abaixo dos 308 votos necessários para aprovar o texto.

Com isso, o governo descarta qualquer possibilidade de marcar o primeiro turno da votação das novas regras para a aposentadoria sem ter a segurança dos votos necessários. O presidente Michel Temer segue com a decisão de votar a reforma da Previdência ainda neste ano, mas 0 governo não deve assumir o risco e adotar a estratégia de pressionar os partidos que ainda não se posicionaram.

Recomendações

Estácio (ESTC3) / Santander – O banco dobrou o preço-alvo dos ativos da Estácio para R$ 36 e elevou a recomendação para compra.

Direcional (DIRR3) / Banco Safra – O Banco Safra iniciou a recomendação como compra para os ativos da Direcional e um preço-alvo de R$ 7,50.

Tegma (TGMA3) / BTG Pactual – O Banco informou que continua apoiando os ativos da Tegma, devido a eficiência e geração de FCL. O BTG manteve a recomendação de compra e o preço-alvo de R$ 24.

Empresas

Petrobras (PETR4) / IPO – A demanda pelas ações da BR Distribuidora está forte e já atinge 70% da oferta, isso considerando o piso da faixa indicativa de preço, estipulada de R$ 15 a R$ 19.

Gol (GOLL4) / Programa de Recompra – A companhia aérea Gol finalizou ontem (6), por meio da subsidiária Gol Finance, a oferta de recompra de notas sênior com vencimento em 2022, no montante máximo de US$ 276,730 milhões e remuneradas a 8,875% ao ano.

Eztec (EZTC3) / Lançamentos – A Eztec  informou que sua expectativa de lançamentos, em Valor Geral de Vendas e considerando somente a participação da companhia, é de R$ 500 milhões a R$1,0 bilhão para o exercício de 2018.

Petrobras (PETR4) / Lava-Jato – A Petrobras informou nesta quinta-feira que recebeu a devolução de cerca de R$ 654 milhões por meio de acordos de colaboração celebrados com pessoas físicas e jurídicas no âmbito da Operação Lava Jato. Com essa devolução, o total de recursos transferidos para a Petrobras desde o início da Operação atinge o montante de R$ 1,476 bilhão.

Banriul (BRSR6) / Oferta Pública – O Banrisul informou nesta quarta-feira, 6, que foi comunicado pelo Estado do Rio Grande do Sul, o controlador do banco, da decisão de adiar a realização da Oferta Pública “em razão das condições de mercado atualmente vigentes”.

PDG Realty (PDGR3) / Plano de Recuperação – A 1ª Vara de Falências em São Paulo homologou ontem o plano de recuperação judicial da PDG Realty e demais subsidiárias. Plano tinha sido aprovado pela assembleia de credores nesta quarta-feira.

Vale (VALE3) / Projeções – A Vale apresentou nesta quarta-feira (6) novas projeções para os preços dos seus produtos vendidas e resultados financeiros para os próximos anos, mostra um comunicado enviado ao mercado e apresentado para analistas durante o Vale Day organizado hoje em Nova York.

Gafisa (GFSA3) / Participações – O Grupo GWI aumentou participação para 15,86% do total de ações ON da Gafisa.

Tenda (TEND3) / Investimentos – A Tenda espera elevar em 25% os gastos com aquisição de terrenos em 2018, enquanto os lançamentos devem crescer entre 10% e 15% no próximo ano, disseram nesta quarta-feira executivos da construtora de imóveis econômicos.

Banco do Brasil (BBAS3) / Rentabilidade –  O Banco do Brasil deve elevar sua rentabilidade até chegar a níveis próximos aos de rivais privados em 2019, mesmo que isso implique perder fatia de mercado, disse nesta quarta-feira o presidente-executivo do banco, Paulo Caffarelli.

Brasil e Mundo

Bitcoin / Recorde – bitcoin ampliou rali nesta quarta-feira, rompendo acima dos US$ 14 mil e atingindo recorde, apesar de questionamentos sobre o real valor da criptomoeda e preocupações sobre uma possível formação de bolha. A moeda digital ganhou impulso após o anúncio do principal órgão regulador de derivativos dos Estados Unidos na sexta-feira de que permitira a CME Group e a CBOE Global Markets a listarem contratos futuros de bitcoin.

Copom / Taxa Básica –  Os membros do Comitê de Política Monetária (Copom) decidiram, por unanimidade, reduzir a Selic (a taxa básica de juros) em 0,50 ponto porcentual, de 7,50% para 7,00% ao ano. O corte, anunciado nesta noite de quarta-feira, 6, pela instituição, foi o décimo consecutivo. O movimento colocou a Selic no nível mais baixo da série histórica do Copom, iniciada em junho de 1996.

Donald Trump / Medida Provisória – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sancionaria uma medida provisória de gastos para financiar o governo até o dia 22 de dezembro que está sendo considerada pela Câmara dos Deputados, disse a Casa Branca em comunicado, na quarta-feira.

Agenda Economica

BRASIL
* A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga às 8h os dados do Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) referentes a novembro. O Termômetro CMA prevê alta de 0,64% ante outubro e queda de 0,5% em 12 meses até o mês passado.

* A FGV divulga às 8h os dados do Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) e o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) referentes a novembro.

* O Tesouro deve realizar às 11h leilão de títulos LTN com vencimento em 1 de outubro de 2018, 1 de outubro de 2019 e 1 de julho de 2021.

* O Tesouro deve realizar às 11h leilão de títulos NTN-F com vencimento em 1 de janeiro de 2023 e 1 de janeiro de 2027.

ESTADOS UNIDOS
* Os pedidos de seguro-desemprego da semana encerrada no último sábado serão publicados às 11h30 pelo Departamento do Trabalho. Na semana anterior, os pedidos caíram em 2 mil, para 238 mil. Analistas esperam queda para 236 mil pedidos.
* Os dados sobre o crédito ao consumidor de outubro serão publicados às 18h pelo Federal Reserve. Em setembro, o crédito cresceu em US$ 20,83 bilhões Analistas esperam alta de US$ 17,2 bilhões em outubro.
EUROPA E ÁSIA
* Japão: a leitura preliminar do índice de indicadores antecedentes de outubro será publicada às 3h pelo gabinete do governo do país. Em setembro, o índice caiu a 106,4 pontos, depois dos 107,2 pontos de agosto.

* Alemanha: o índice de produção industrial de outubro será publicado às 5h pelo Ministério de Economia e Tecnologia do país. Em setembro, a produção caiu 1,6% ante agosto.

* Eurozona: a terceira e última leitura do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre será publicada às 8h pela agência de estatísticas Eurostat. Na segunda leitura o PIB cresceu 0,6% na comparação com o segundo trimestre e 2,5% ante o terceiro trimestre de 2016.

* Europa: o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, participa de uma coletiva de imprensa do Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês), em Frankfurt, às 14h.

* Japão: o saldo em conta corrente de outubro será publicado às 21h50 pelo Ministério das Finanças do país. Em setembro houve superávit de 2,271 trilhões de ienes.

* Japão: a leitura revisada do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre será publicada às 21h50 pelo governo do país. Na versão preliminar, o PIB cresceu 0,3% na comparação com o segundo trimestre e 1,4% em taxa anualizada.

AVISO AO ACIONISTA: B3 inicia pagamento de JCP nesta quinta-feira

A B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) (BVMF3) informou que iniciará o pagamento de seus Juros sobre Capital Próprio nesta quinta-feira, 7. O valor será de R$0,07 por ação, sendo que o valor líquido já deduz o Imposto de Renda na Fonte de 15% sobre o valor dos juros sobre capital próprio, exceto para os acionistas que tiverem tributação diferenciada ou que estejam dispensados da referida tributação.

O pagamento tomará como base a posição acionária do dia 21 de novembro.

As ações da Companhia passam a ser negociadas na condição “ex” juros sobre capital próprio a partir de 22 de novembro de 2017.

Bruna Rodrigues é estudante de jornalismo pela universidade FIAM-FAAM. Repórter da ADVFN e responsável pela Bússola de Investimentos, Destaques do Dia, Criptomoedas e Boletim Focus. Contato: brunar@advfn.com.br

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.