Bovespa fecha no azul com definição da data da votação da Previdência

Google+ LinkedIn

O Ibovespa estava positivo, uma vez que o governo já decidiu quando irá votar a Reforma da Previdência, mas ainda mantém a cautela.

Histórico

O indicador teve alta de 0,34%, cotado a 72.731,84 pontos. As ações da Gerdau (GGBR4) e da Gerdau Met (GOAU4) valorizaram 3,7% e 2,5%, respectivamente. Os ativos da BRF (BRFS3) também cresceram 2,5% e os da Ecorodovias (ECOR3) subiram 2,3%.

Por outro lado, os papéis da Kroton (KROT3) caíram 4,2%, os da Eletrobras (ELET3) recuaram 2,6% e os da Cosan (CSAN3) desvalorizaram 1,8%.

Após 6 pregões em dezembro, o índice valorizou 1,06%. Já se foram 4 fechamentos positivos contra 2 negativos. Novembro encerrou com 71.970,99 pontos.

Já no comparativo de 2017, após 228 pregões, o Ibovespa subiu 20,76%. Já foram 114 fechamentos positivos contra 114 negativos. Em 2016, o índice fechou com 60.227,29 pontos.

Influências

Os investidores estão mais animados agora que há uma decisão sobre a data da votação da Reforma da Previdência. Ontem, o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro, informou que a medida começará a ser votada no dia 18.

A ideia é que com mais uma semana, o presidente Michel Temer e sua equipe conseguissem negociar com os parlamentares que ainda estão indecisos, para que eles também apoiassem a reforma.

Porém, segundo um levantamento do jornal O Estado de S. Paulo feito com 83% dos deputados federais, 212 disseram que votariam contra o projeto.

Isso fez com que os investidores, apesar de positivos de que o governo ainda está lutando por apoio, retomassem a cautela, já que a pesquisa do Estadão aponta que a Reforma não alcançaria os 308 votos necessários para a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição.

 

Repórter da ADVFN, Ana Beatriz Bartolo é formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Interessada em política e economia, trabalha por um jornalismo ético que cumpra seu papel social. Twitter: @anabeatrizbart

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.