BR Distribuidora estreia na bolsa nesta sexta-feira após levantar R$ 5 bi no maior IPO desde 2013

LinkedIn

Após levantar cerca de R$ 5 bilhões com sua abertura de capital, a BR Distribuidora (BOV:BRDT3) começa a operar as ações na bolsa paulista nesta sexta-feira (15). A distribuidora de combustíveis da Petrobras vai atuar no Novo Mercado, principal segmento de governança da B3.

Como a oferta inicial de ações (IPO) é secundária, ou seja, foram vendidas ações do atual acionista, o dinheiro levantado vai para o caixa da Petrobras. A estatal abriu mão de quase 30% de sua participação na empresa e deixou de ser sua única dona. Em troca, vai contabilizar os recursos em seu bilionário plano de venda de ativos para reduzir seu endividamento.

O preço da ação ficou em R$ 15, o piso da faixa situada entre R$ 15 e R$ 19, indicando que a demanda dos investidores foi menor do que se esperava. “O resultado veio abaixo das expectativas”, avalia o sócio da consultoria Mesa Corporate, Luiz Marcatti.

Considerando o preço máximo sugerido, a empresa poderia obter até R$ 7,5 bilhões se houvesse alta procura pelos papéis.

Maior IPO em 4 anos

Mesmo assim, os R$ 5 bilhões levantados já fazem deste o maior IPO da bolsa brasileira desde abril de 2013, quando a BB Seguridade, o braço de seguros e previdência do Banco do Brasil (BBAS3), movimentou R$ 11,5 bilhões.

Em julho, o Carrefour (CRFB3) levantou R$ 4,9 bilhões em sua oferta inicial de ações (o valor noticiado de R$ 5,1 bilhões foi revisado posteriormente), segundo a B3.

A operação envolveu cerca de 335 milhões de papéis, o que indica que houve venda de um volume adicional de 15% em relação ao principal, que envolvia 291,25 milhões de ações.

Deixe um comentário