Petrobras vende fatia de 25% no campo de Roncador à Statoil por US$ 2,9 bi

LinkedIn

A Petrobras (BOV:PETR4) selou um acordo com a Statoil, petrolífera Norueguesa, nesta segunda-feira (18) no qual vai transferir 25% de participação no campo de Roncador, na Bacia de Campos, para a petrolífera por US$ 2,9 bilhões.

Do montante, US$ 2,35 bilhões serão pagos no fechamento da operação e US$ 550 milhões se referem a “pagamentos contingentes relacionados aos investimentos dos projetos que visam o aumento do fator de recuperação do campo”.

Segundo o fato relevante enviado ao mercado, o campo de Roncador tem cerca de 10 bilhões de barris de óleo equivalente (boe) de volume “in place” e uma expectativa de volume recuperável remanescente superior a 1 bilhão de boe. A Petrobras segue com fatia de 75% no ativo.

Contratos assinados

Os principais contratos assinados são: 

1. Strategic Alliance Agreement (“SAA”) – acordo que descreve todos os documentos e iniciativas relacionadas à Parceria Estratégica abrangendo todas as iniciativas negociadas;

2. Sale and Purchase Agreement (“SPA”) – cessão de 25% da participação da Petrobras no campo de Roncador para a Statoil, pelo valor total de US$ 2,9 bilhões. Dessa forma, os investimentos futuros neste campo serão realizados na proporção 2:1, com a Statoil assumindo 25% adicionais, limitados a US$ 550 milhões, além da sua participação adquirida. A Petrobras continuará como operadora do campo, com a participação de 75%;

3. Strategic Technical Alliance Agreement (“STAA”) – acordo estratégico de cooperação técnica visando a maximização do valor do ativo e com foco em aumentar o volume recuperável de petróleo (fator de recuperação), incluindo a extensão da vida útil do campo;

4. Gas Term Sheet opção para a Statoil contratar uma determinada capacidade de processamento de gás natural no terminal de Cabiúnas (TECAB) para o desenvolvimento da área do BM-C-33, onde as companhias já são parceiras, sendo a Statoil a operadora da área.

Parceria Estratégica

A parceria estratégica com a Statoil está fundamentada num alinhamento de interesses estratégicos das duas companhias e no potencial de geração de valor para as partes, em função de seus conhecimentos e experiências nos segmentos de exploração e produção em águas profundas e de gás natural.

De acordo com o fato relevante, a Statoil tem reconhecida experiência na otimização de campos maduros offshore com foco tanto na maximização dos fatores de recuperação, como na extensão da vida útil desses campos.

A petrolífera norueguesa possui uma atuação destacada no segmento de gás natural, sendo o segundo maior fornecedor de gás para o mercado europeu e larga experiência e conhecimento em logística, comercialização e regulação do setor.

Confira o fato relevante na íntegra: 

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Faça o login em ADVFN
Registrar agora

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br

V: D: 20230925 06:33:18