Qual será o melhor investimento em 2018?

LinkedIn

Todo fim de ano, vários investidores ficam curiosos tentando encontrar indícios do que o próximo ano pode trazer. Se você acompanha o mercado e também está se perguntando qual será o melhor investimento 2018, este artigo foi feito para você.

O ano de 2017 foi o início de grandes mudanças. A atividade econômica no Brasil começou a trilhar o caminho da recuperação e vimos um movimento de alta impressionante do Índice Bovespa.

Para 2018, as expectativas são altas. Muitos investidores que souberem analisar os dados de mercado para identificar o momento certo de investir, poderão obter excelentes resultados.

Mesmo com premissas positivas, é importante estar atento ao que acontece. Isso porque estaremos em ano eleitoral, momento importante para traçar o futuro do país e que, por isso, pode provocar maiores oscilações no mercado.

Antes de tentar apontar quais aplicações podem trazer boas rentabilidade no que vem, é importante saber quais aspectos devem ser acompanhados de perto.

O que pode interferir nos melhores investimentos de 2018?

Antes de investir, é preciso entender alguns pontos que podem se desenrolar em 2018. Veja só:

Política

A atividade econômica está de certa forma ligada à política. No Brasil, vimos muitos acontecimentos políticos que provocaram impactos negativos na economia. Nesse sentido, é possível que o próximo ano ainda tenha estes dois temas muito próximos.

Pautas importantes para o controle das contas públicas e o processo eleitoral no ano que vem terão grande atenção do mercado financeiro. De todo modo, as eleições também podem trazer notícias positivas, já que a intensificação da volatilidade do mercado pode proporcionar boas oportunidades para operações de curto e curtíssimo prazo.

Juros

Em 2017, os juros básicos da economia brasileira vivenciaram cortes consecutivos. Este movimento pode se manter em 2018, trazendo mais força para a redução dos índices de inadimplência e favorecendo empresas listadas na Bolsa de Valores do país.

Recuperação

É importante continuar acompanhando os índices que avaliam a retomada econômica no país. Queda dos juros, controle de inflação e crescimento de setores importantes para a economia do país são fatores que podem indicar uma mudança de panorama no próximo ano.

Os investidores que querem aproveitar os melhores investimentos de 2018 precisam estar sempre atentos a estes pontos. Devido ao potencial de provocar mudanças nos cenários previstos, os três tópicos citados acima podem abrir janelas de oportunidades ainda melhores no próximo ano.

Melhor investimento em Renda Variável

Como já foi dito, o Ibovespa em 2017 trouxe boas novas a muitos investidores. No entanto, as altas registradas este ano fizeram com que muitas pessoas questionassem se a Bolsa de Valores brasileira já alcançou seu máximo.

Apesar da dúvida, muitos analistas do mercado acreditam que o IBOV permanece em um patamar bastante atrativo para compras. Isso porque, se for considerado o Ibovespa  dolarizado (dividido pelo câmbio atual), é possível compreender que os picos registrados em 2017 ainda estão aquém da máxima histórica já conquistada pelo índice.

Com esse viés em mente, confira alguns setores com boas perspectivas de valorização em 2018:

  • Bancário: o cenário à frente traz boas possibilidades de aumento de dinheiro em circulação, alta na demanda por crédito e diminuição do endividamento. Com o incremento da atividade deste setor, as ações de empresas vinculadas a ele podem se valorizar na Bolsa.
  • Varejo e consumo: a manutenção de queda dos juros pode favorecer este setor, incentivando o consumo e contribuindo para a alta dos ativos de empresas do ramo.
  • Infraestrutura e Energia: uma possível expansão no volume de capital circulando e de investimento estrangeiro pode amplificar a demanda por obras de infraestrutura. Este movimento, por conseguinte, pode favorecer ações de empresas nesta esfera.

Melhor investimento em Renda Fixa

Além da Renda Variável, outra modalidade de investimento que merece atenção em 2018 é a Renda Fixa. A curiosidade em relação ao que pode acontecer nesta categoria no ano que vem aumentou especialmente depois das recentes quedas da Taxa Selic.

Entre as possibilidades de investimento em Renda Fixa, o Tesouro Direto e as Letras de Crédito demonstram um horizonte bastante positivo para próximo ano.

  • Tesouro Direto: o programa de investimentos em títulos públicos federais conquistou milhares de brasileiros em 2017. No ano que vem, o panorama é de que a modalidade continue crescendo e transformando os hábitos de investimento no país.
  • Letras de Crédito: as Letras de Crédito do setor Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA) podem continuar a atrair muitos investidores devido à possibilidade de que os setores aos quais estão atreladas se fortaleçam com a retomada econômica e, assim, demandem mais financiamento.

Estes são alguns apontamentos do que pode vir a ocorrer em 2018. De todo modo, antes de tomar uma decisão de investimento, é muito importante ter um embasamento em dados concretos do mercado.

Por isso, analise bastante o contexto antes de investir. Se preciso for, peça ajuda a profissionais que entendem realmente do assunto. O ano de 2018 pode ficar marcado como um momento de grande mudanças na sua vida financeira. Seu sucesso só depende de você.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.