Boa noite, Investidor! 29 de Janeiro de 2018

LinkedIn

Confira o que aconteceu depois da abertura do mercado hoje.

Para mais informações sobre o que foi notícia antes da abertura da Bolsa, confira o nosso Bom dia, Investidor!

Destaques Corporativos

Fibria (FIBR3) – Fibria anunciou os seus resultados do 4º trimestre de 2017. Entre os dados divulgados, a empresa revelou um lucro líquido de R$ 280 milhões no trimestre em comparação a R$ 743 milhões de lucro no 3T17. Isso também representou um prejuízo de R$ 92 milhões em relação ao 4T16. O balanço completo pode ser conferido aqui.

Celesc (CLSC4) – Celesc anunciou o cancelamento da emissão de R$ 230 milhões em debêntures, anunciada em outubro passado.

Bahema (BAHI3) – Bahema informou aos seus acionistas nesta sexta-feira (26) a sua migração para a lista Bovespa Mais na B3. O segmento tem o intuito de manter o desenvolvimento de pequenas e médias companhias via mercado de capitais.

Petrobras (PETR4) – A Petrobras pagará R$ 1,7 bilhão ao governo, em 12 meses, por ter entrado no programa de parcelamento de dívidas Repetro. O valor é resultado do processo relacionado ao Imposto de Renda Retido na Fonte sobre remessas ao exterior para pagamento de afretamento de embarcações entre 2008 e 2014.

M. Dias Branco (MDIA3) – M. Dias Braco comprou a fabrica de biscoitos Piraquê por R$ 1,55 bilhão.

Petrobras (PETR4) – O Conselho de Administração da Petrobras elegeu Eberaldo de Almeida Neto como diretor-executivo de Assuntos Corporativos e de Hugo Repsold para o cargo de diretor-executivo de Desenvolvimento da Produção & Tecnologia.

Petrobras (PETR4) – Petrobras informou que, segundo os critérios ANP/SPE, as suas reservas provadas de óleo, condensado e gás natural da Petrobras atingiram 12,415 bilhões de barris de óleo equivalente (boe) no final de 2017. O volume inclui o produzido pelo xisto e não considera a produção dos Testes de Longa Duração (TLD) em blocos exploratórios no Brasil e a produção da Bolívia. Já quando é usado o critério SEC, as reservas provadas de óleo, condensado e gás natural da Petrobras atingiram 9,752 bilhões de boe.

Recomendações

Cesp (CESP6)/Itaú BBA – O valor da elétrica Cesp pode subir após um decreto federal que abre margem para renovação posterior das concessões de hidrelétricas da companhia, afirmaram analistas do Itaú BBA  em relatório. O bônus projetado pelo banco é de R$ 2,5 bilhões.

Guide Investimentos – A Guide Investimentos optou por retirar os papéis da Braskem (BRKM5) da sua carteira recomendada, para incluir os da IRB Brasil (IRBR3). Confira a carteira completa aqui.

Magliano – Magliano escolheu permanecer com as mesmas recomendações da semana passada. A sua carteira conta com Ecorodovias (ECOR3), Energias do Brasil (ENBR3), Klabin (KLBN11), Kroton (KROT3Santander (SANB11).

Socopa – Socopa optou por continuar com as mesmas indicações na sua carteira recomendada esta semana, contando com BRF (BRFS3), Petrobras (PETR4), Itaú Unibanco (ITUB4), Cielo (CIEL3), Santander (SANB11), Guararapes (GUAR3), Ecorodovias (ECOR3), Sabesp (SBSP3), Pão de Açúcar (PCAR4Raia Drogasil (RADL3).

Spinelli – Para esta semana, a Spinelli optou por recomendar na sua carteira recomendada os ativos da JBS (JBBS3), Smiles (SMLS3), Transmissão Paulista (TRPL4), São Martinho (SMTO3Ambev (ABEV3).

Terra Investimentos – Terra optou  por alterar a sua carteira Top 5 e retirar os ativos da B3 (BVMF3), para incluir os da Brasil Foods (BRFS3). A carteira ainda conta com os ativos da BR Malls (BRML3), Klabin (KLBN11), Energias do Brasil (ENBR3) e Lojas Americanas (LAME4).

Movida (MOVI3)/Credit Suisse – O banco iniciou a cobertura do ativo da Movida, com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 11,00.

Marcopolo (POMO4)/Credit Suisse – A recomendação do Credit Suisse para a Marcopolo é de recomendação neutra, com preço-alvo nos R$ 4,70.

Weg (WEGE3)/Credit Suisse – O banco reduzir a classificação da Weg para underperform, com preço-alvo nos R$22,00.

Iochpe-Maxion (MYPK3)/Benndorf Research – Benndorf ajustou o alvo para os ativos da Iochpe para R$27,00 e o stop para R$ 21,90.

 

Notícias

Caixa/Moody’s – Moddy’s afirmou que a Caixa Economica Federal poderá aumentar sua carteira de crédito em R$ 100 bilhões até 2019 se seguir um novo projeto de capital, que inclui total retenção de lucros e a emissão de bônus no exterior.

Leilões do pré-sal – ANP informou que o governo pode arrecadar R$ 3,5 bilhões com os leilões de concessão de petróleo e de áreas de exploração do pré-sal.

Déficit Primário de 2017 – O déficit primário de 2017 foi de R$ 124,401 bilhões, segundo o governo central. Esse é o quarto resultado seguido de queda, mas cerca de R$ 30 bilhões a menos do que a meta de R$ 159 bilhões.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.