Bom dia, Investidor! 12 de janeiro de 2018

Google+ LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir! 

Para saber o que aconteceu ontem após o fechamento do mercado, confira o nosso Boa noite, Investidor! 

Após semanas de rumores e expectativas, a agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) rebaixou a nota de crédito do Brasil nesta quinta-feira (11), de ‘BB’ para ‘BB-‘. A justificativa foi, principalmente, a demora na aprovação de reformas estruturais que causariam o equilíbrio fiscal e o aparente desinteresse político para promovê-las.

A perspectiva da agência é “estável”, o que significa que provavelmente a nota não será alterada nos próximos meses.

Em setembro de 2015, a agência já havia retirado do Brasil, o selo de bom pagador e em maio do ano passado a agência chegou a colocar uma observação negativa no País, o que indicava uma revisão negativa da nota em 90 dias após o escândalo da JBS.

Com isso, o rating brasileiro ficou três degraus abaixo do chamado grau de investimento e voltou à avaliação da S&P em 2004, indicando que vai levar um tempo para o Brasil resgatar a credibilidade internacional sobre a solidez de suas finanças.

Destaques corporativos 

Camil (CAML3) / Resultados – Na noite desta quinta-feira (11), a Camil anunciou os resultados do terceiro trimestre de 2017 (setembro, outubro e novembro). De acordo com a empresa, a receita líquida foi de R$ 1,2 bilhão (-9,2 em comparação ao 3T16). O lucro bruto ficou em R$ 285,9 milhões.

AES Tietê (TIET3) / Projeções – A empresa de energia Aes Tietê atualizou nesta quinta-feira (11), as suas projeções financeiras de investimentos para os anos de 2018 e 2019, incluindo os investimentos relacionados aos ativos solares Complexo Solar Boa Hora e Complexo Solar Água Vermelha. 

Hering (HGTX3) / Agenda de Resultados – A Hering publicou na noite desta quinta-feira, a sua agenda de divulgação dos resultados do quatro trimestre de 2017 e do ano. O relatório preliminar do desempenho de vendas será divulgado no dia 22 de janeiro de 2018, após o fechamento do mercado.

Copel (CPLE6) / Debêntures – O Conselho de Administração da Copel aprovou nesta quinta-feira, a emissão de R$ 600 milhões em debêntures.

Embraer (EMBR3) / Golden Shares – De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a possível venda da Embraer para a americana Boeing está colocando em risco o plano para extinguir as ações de classe especial detidas pelo poder público após uma privatização, as chamadas golden shares.

Unipar (UNIP5) / Ratings – A Fitch Ratings atribui à Unipar o rating nacional de longo prazo ‘AA-(bra), com perspectiva “Estável”.

AES Tietê (TIET3) / Ratings – A Moodys’s atribuiu ratings Ba2/Aa1.br (nas escalas global e nacional, respectivamente) à proposta de emissão de R$ 1,1 bilhão em debêntures sêniores da AES Tietê. 

Marfrig (MRFG3) / Oferta no Exterior – A Marfrig Global Foods informou que a sua subsidiária Marb BondCo PLC concluiu uma oferta no exterior de bônus de 7 anos, no valor total de US$ 1 bilhão.

Centauro / IPO – Segundo a Bloomberg, o Grupo SBF, dono das marcas Centauro e By Tennis, pretende obter ao menos R$ 1 bilhão em um IPO durante o primeiro semestre de 2018.

Dropbox / IPO – Três anos após ser avaliada em US$ 10 bilhões, o serviço de armazenamento de dados on-line, Dropbox, apresentou de forma confidencial nos Estados Unidos, os documentos necessários para realizar uma oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês).

Recomendações de ativos 

SLC Agrícola (SLCE3) / Morgan Stanley – O banco Morgan Stanley optou por manter a recomendação de compra para o ativo da SLC e elevou o preço alvo para R$ 34,10.

Camil (CAML3) / J.P. Morgan – Após a divulgação dos resultados do 3T17, o banco J.P. Morgan rebaixou a recomendação do ativo da Camil de “compra” para “neutra”.

Estácio (ESTC3) / Itaú BBA – O banco reiterou a recomendação de compra para o ativo da Estácio e elevou o preço-alvo para R$ 43.

CSN (CSNA3) / BTG Pactual – O BTG Pactual elevou a recomendação do papel da CSN de “venda” para “neutra”, com um novo preço-alvo de R$ 11.

Usiminas (USIM5) / BTG Pactual – O banco recomenda a compra da ação preferencial da Usiminas e elevou o preço-alvo para R$ 14.

Azul (AZUL4) / Merril Lynch – O banco iniciou a cobertura do ativo com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 37.

Gol (GOLL4) / Merril Lynch – O Merril Lynch optou por rebaixar a recomendação da ADR da Gol para “neutra” e fixou o preço-alvo em US$ 11.

Notícias

Michel Temer / Google – A equipe de comunicação do presidente Michel Temer se reuniu nesta quinta-feira com representantes do Google. Segundo o jornal O Globo, a empresa apresentou uma proposta de parceria para direcionar o conteúdo oficial a quem pesquisar sobre o assunto na internet, de acordo com o perfil do usuário

Donald Trump / Reino Unido – O presidente norte-americano, Donald Trump, cancelou uma viagem ao Reino Unido agendada para o próximo mês para inaugurar uma nova embaixada. O presidente culpa o seu antecessor, Barack Obama, por vender a antiga por uma “mixaria” em um acordo ruim.

Setor de Serviços / Crescimento – De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta sexta-feira (12)., o volume do setor de serviços cresceu 1% em novembro, na comparação com outubro.

Bitcoin / Cotação – A moeda amanheceu nesta sexta-feira (12) com uma desvalorização de 6.11%, cotada a US$ 13.952,02. No final da tarde desta quinta (11), a moeda se aproximou dos US$ 12 mil, sendo cotada a US$ 13.246.

Agenda Econômica

BRASIL
* O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga, às 9h, a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), referente a novembro.
ESTADOS UNIDOS

* O índice de preços ao consumidor de dezembro será publicado às 11h30 pelo Departamento do Trabalho. Em novembro, o índice subiu 0,4% ante outubro. Analistas esperam alta de 0,1% em dezembro.

* Os dados sobre as vendas no varejo de dezembro serão publicados às 11h30 pelo Departamento do Comércio. Em novembro, as vendas subiram 0,8% ante outubro. A previsão é de alta de 0,4% em dezembro.

* Os estoques das empresas de novembro serão publicados às 13h pelo Departamento do Comércio. Em outubro, os estoques caíram 0,1% ante setembro. Analistas esperam alta de 0,4% em novembro.

EUROPA E ÁSIA
* Não há indicadores previstos.

Bruna Rodrigues é estudante de jornalismo pela universidade FIAM-FAAM. Repórter da ADVFN e responsável pela Bússola de Investimentos, Destaques do Dia, Criptomoedas e Boletim Focus. Contato: brunar@advfn.com.br

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.