CEO da Eletrobras afirma que companhia irá resolver processos nos EUA antes de privatização

LinkedIn

Em entrevista à Reuters nesta quarta-feira (31) o presidente da Eletrobras (BOV:ELET3) (BOV:ELET6), Wilson Ferreira Jr, afirmou que a estatal vem negociando com as autoridades americana para tentar encerrar um processo contra a companhia na Justiça dos EUA antes de sua privatização, que o governo planeja concluir no segundo semestre deste ano por meio de uma oferta de novas ações.

Atualmente, o grupo é alvo de uma ação coletiva de investidores dos EUA que afirmam ter sofrido prejuízos devido o envolvimento da companhia em casos de corrupção, descobertos pela operação Lava Jato, da Polícia Federal.

“Você se submete às autoridades. Nesse momento, óbvio, o que a gente tem de conhecimento é que no curso dos processos pode haver iniciativas de acordo, e a companhia vai apreciar cada uma delas”, contou.

O executivo ainda ressaltou que a Eletrobrás tem negociado com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a SEC (órgão regulador do mercado de ações norte-americano) e investidores, mas não deu mais detalhes se a companhia aceitaria um acordo que envolvesse pagamento encerraram as acoes, como uma divulgação recente pela Petrobras.

Ferreira, que presidiu por anos a CPFL Energia antes de ir para a Petrobras em 2016, conta ainda que gostaria de seguir em frente após a conclusão da desestatização, caso seja esse o interesse dos investidores que assumirem o controle do negocio.

*Com informações da Reuters

Deixe um comentário