CNC: Comércio varejista pode encerrar 2017 em 3,9%

LinkedIn

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) publicou nesta terça-feira (9) uma estimativa onde indica que o crescimento para o comércio varejista em 2017 deve alcançar 3,9%. O número foi calculado com base nos dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) de novembro, realizada pelo IBGE.

No mês de novembro a PMC mostrou que o número de vendas nos 10 segmentos que fazem parte do varejo ampliado elevou 2,5% em comparação a outubro. De acordo com a CNC, esse foi o melhor nível na comparação mensal desde 2003, quando o IBGE começou a publicar os dados do varejo ampliado. Frente a novembro de 2016, marcou alta de 8,7%.

Em nota, a CNC conta que nos segmentos de artigos de uso pessoal e doméstico registrou 8,0% e móveis e eletrodomésticos com 6,1%,  foram os destaques do mês de novembro, com auxilio das vendas da Black Friday.

O chefe da Divisão Econômica da CNC, Fábio Bentas, ressalta que entre 2014 e 2016, o volume médio de vendas do setor diminuiu 20%, mostrando que, apesar dos novos resultados positivos, a trajetória de recuperação do nível das vendas anterior á crise econômica, pode demorar.

A CNC foi fundada em 1945, é e considerada uma entidade sindical que representa 5 milhões de companhias. Neste ano, ela estima um crescimento no comércio varejista de 5,1%, desde que mantenha o atual cenário de inflação inferior da meta de juros em queda.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.