Credit Suisse recomenda a compra dos ativos da Bradespar

LinkedIn

Nesta quinta-feira (4), o Credit Suisse divulgou um relatório apontando uma perspectiva positiva para os papéis da Bradespar (BOV:BRAP4), considerando o ativo como um veículo atrativo. Segundo os analistas do Banco, isso se deve ao fato do desconto na holding se aproximar dos 25%.

Para o Credit Suisse, após a saída da Bradespar da CPFL, a holding agora tem apenas um ativo e um endividamento muito pequeno, de apenas R$ 44 milhões.

O banco recomenda a compra do ativo e o preço-alvo foi elevado para R$ 33,70.

Na sessão desta quarta-feira (3), as ações da Bradespar fecharam o pregão com uma alta de 0,95%, valendo R$ 29,90.

*As informações são do site Investing.com Brasil 

Deixe um comentário