Fusões e aquisições no Brasil crescem 22,3% em 2017

LinkedIn

O volume financeiro envolvido nos anúncios de compra de venda de participações de empresas brasileiras em 2017 atingiu US$ 66,5 bilhões em 2017, um crescimento de 22,3% em relação ao ano anterior, segundo relatório divulgado nesta terça-feira pela Thomson Reuters.

De acordo com informações do Emerging Markets M&A Review, o segmento de matérias-primas liderou o ranking, atingindo 44% do total, seguido pelo setor de energia (20%), consumo (14%) e financeiro (7%).

Esse avanço foi bastante influenciado pela operação de reestruturação societária da Vale (VALE3), que envolveu a conversão de ações preferenciais em ordinárias.

Segundo o levantamento, os 591 negócios realizados durante o ano de 2017, representam uma queda de 12,6% comparado ao ano anterior.

O quatro trimestre do ano trouxe anuncios de operações, como a venda de uma fatia de 25% da Petrobras no campo de Roncador para a Statoil, no valor de US$ 2,9 bilhões; e a venda de uma fatia da Itaúsa pela Petros, fundo de pensão dos empregados da Petrobras, para a fundação Helena Zerrenner, por cerca de US$ 1,36 bilhão.

Em operações completadas, o volume financeiro no ano passado foi de 65,1 bilhões de dólares, um salto de 73,1 por cento ante 2016. Em número de transações houve queda de 12,2 por cento, a 488 negócios concluídos.

*Com informações do site Reuters 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.