Lucro líquido da Fibria recua R$ 92 milhões na comparação anual

LinkedIn

Fibria (BOV:FIBR3) anunciou os seus resultados do 4º trimestre de 2017. Entre os dados divulgados, a empresa revelou um lucro líquido de R$ 280 milhões no trimestre em comparação a R$ 743 milhões de lucro no 3T17. Isso também representou um prejuízo de R$ 92 milhões em relação ao 4T16.

A produção de celulose chegou a 1.659 mil toneladas no trimestre, subindo 14% em relação ao 3T17 e 36% em relação ao mesmo período do ano passado. A vendas, incluindo as da Klabin (KLBN11), subiram 29% durante esses três meses, totalizando 1.897 mil toneladas. Isso também representou 20% a mais na vendas, quando comparadas as do 4T16.

A receita líquida ficou nos R$ 4.047 milhões durante o 4T17, ao passo em que o EBITDA ajustado foi de R$ 1.981 milhões, 58% e 146% superior ao 3T17 e ao 4T16, respectivamente, e a margem EBITDA foi de 57%, excluindo as vendas com a Klabin.

O fluxo de caixa livre alcançou R$ 791 milhões, 44% e 131% superior ao 3T17 e 4T16, respectivamente.

Por outro lado, a dívida líquida do trimestre (em dólar) foi de US$ 3.728 milhões, 4% inferior ao 3T17 e 6% superior ao 4T16. Agora, a relação dívida líquida/EBITDA é de 2,41x em dólar e de 2,49x em reais.

Resultados totais de 2017

Levando em consideração o balanço de todo o ano de 2017, a Fibria teve um lucro líquido de R$ 1.093 milhões, menor do que os R$ 1.664 milhões de 2016.

A produção atingiu 5.642 mil toneladas, enquanto as vendas somaram 6.212 mil toneladas, incluindo as feitas pela Klabin.

No ano, a receita líquida foi de R$ 11.739 milhões. Já o EBITDA ajustado totalizou R$ 4.952 milhões, com uma margem EBITDA de 49%.

O fluxo de caixa livre foi de R$ 2.025 milhões.

Hoje (29), os papéis da Fibria valorizaram 5,23%, cotados a R$ 55,35.

Deixe um comentário