O que é Bitcoin?

LinkedIn

O que é Bitcoin (COIN:BTCUSD): é uma moeda digital, a representação do dinheiro físico, mas de uma forma inovadora e tecnológica. Foi desenvolvido através da criptografia, para ser obtido através do processo de mineração.

A mineração de bitcoin é simples, com o software da rede bitcoin baixado em seu computador, serão feitos cálculos matemáticos (criptografia).

Através de seu processador para que os blocos de bitcoin sejam quebrados, como recompensa os usuários obterão as moedas, isso é chamado de mineração. Porém o processo é inviável, a dificuldade aumentou durantes os anos e os custo com energia elétrica causariam prejuízos financeiros a qualquer minerador iniciante.

Hoje o bitcoin pode ser obtido facilmente pelas corretoras ou sites que possuem as moedas mineradas e depositaram em sua carteira.

O bitcoin é muito caro, para qualquer pessoa comprar, porém, podem ser guardadas frações na sua carteira, os chamados satoshis. Essas partículas também sofreram com a valorização da moeda durante os anos. A sigla de negociação da moeda é BTC.

Como ganhar bitcoins?

É possível juntar bitcoin ou guarda-los sem nenhum investimento? Sim, você pode ganhar bitcoin através de torneiras, que dão de graça frações da moeda, em troca de visualizações de anúncios. O exemplo mais famoso é o site freebitcoin. É a maior torneira na internet e a que continua pagando sem falhas seus usuários.

O único problema é quanto ao limite de saque, você só poderá sacar quando tiver a quantia de 0.0003 BTC. O site também inovou, oferecendo acréscimo de juros anual de 4% ao ano sobre seus 0.003, o que daria 0.07 depois de 12 meses. Você só teria que estar disposto a guardar seus satoshis na freebitcoin por todo esse período, como se fosse uma poupança.

Outra maneira de se ter bitcoin é minerando, mas minerar fisicamente no seu computador, como já falamos trará prejuízo. Os custos não compensaram seus lucros. Mas fique tranquilo, você pode minerar bitcoin nas nuvens: existem empresas que alugam a capacidade de mineração e garantem rendimentos mensais. Você só precisa encontrar um plano que se adeque ao seu perfil e que compense financeiramente.

Mais uma maneira de se obter bitcoin é fazendo trades de btc/usd, essa é a mais utilizada pelos investidores, através de corretoras. Essas  fazem negociações no mercado de câmbio. Você cria sua carteira de investimentos, compra a moeda e negocia na plataforma deles.

Exemplos, famosos de corretoras são: IqOption, ali você consegue vender bitcoin e compra-los. Você só terá que apostar na alta ou na baixa da moeda durante os dias ou semanas. Assim você consegue gerar lucro e capitalizar a moeda.

Talvez você não consiga ter 1 BTC, mas pode vender suas frações por um preço mais caro que pagou em um trade.

Bitcoin é uma Bolha?

Quando o Bitcoin foi criado em 2008, era difícil apostar na ideia de uma moeda virtual, imagine, o dinheiro numa forma digital. Podendo ser usado para comprar produtos.

Ninguém tinha conhecimento suficiente e acesso a informação para apostar numa tecnologia tão inovadora, como é a criptografia.

Hoje em dia quem mais lucra com o bitcoin, são as pessoas que estão conectadas e buscando mais informações sobre a moeda. Assim como você!

Os analistas financeiros, colocaram em jogo, a veracidade da moeda: A pergunta, mais sem resposta atualmente é: “o bitcoin realmente é uma bolha financeira ?”Ou seja, uma falsa reprodução do capital, ele realmente não valeria US$ 15 mil.

Vamos responder essa questão agora, porém é difícil determinar o valor intrínseco de qualquer moeda.

Imagine você numa Ilha deserta, sozinho com uma mala de dinheiro. Para que você usaria esse dinheiro ali? Talvez para botar fogo, fazer uma fogueira para se esquentar. Ou seja, seu dinheiro não valeria nada nesse ambiente, o valor intrínseco do seu dinheiro físico seria igual a zero.

Por isso acreditamos que seja inviável afirma: O bitcoin é uma bolha que vai estourar e dar prejuízo as pessoas” pois existem fatores que sustentam ele como ativo financeiro esses são:

– A tecnologia empregada limita a circulação das moedas e dificuldade de mineração, quando menos oferta de bitcoin ao mercado, mas ele será valorizado.

– Segurança, através da criptografia. Não existem relatos de fraude em bitcoin, só falhas técnicas, onde o próprio usuário perde ou esquece a senha da carteira. É impossível roubarem  bitcoin, as transações são validas pelos usuários e fraudes são facilmente detectadas.

– O bitcoin tem uma comunidade sólida que negocia e guarda o bitcoin, acredita no futuro da moeda. É possível usar o bitcoin na internet, para comprar diversos produtos, até mesmo artigos de luxo, como casas, carros e motos.

É a forma mais fácil de fugir dos impostos. Temos um ambiente que aceita ele facilmente como moeda de troca.

Proibição no Brasil?

O protocolo do bitcoin é livre, o bitcoin não tem dono, ninguém é dono da moeda. Só quem a usa.Imagine a internet, ela é um protocolo: o famoso tcp e ip.

Ninguém é dono desse protocolo, mas todos usam a internet. Por isso regulamentar o bitcoin nos países é uma ideia tão absurda. É como se proibissem a internet, o uso de e-mail ou do facebook. Um retrocesso tecnológico!

No Japão, a maioria dos estabelecimentos adotaram a moeda como forma de pagamento. Mas isso não significa que eles reconheceram a moeda ou que ela seja legitima no país. Só entenderam que bitcoin é um meio valioso e que faz a economia e comércios funcionarem.

O Bitcoin é a moeda dentro da internet, uma revolução tecnológica. Pense só, as pessoas passam mais tempo na internet e essa já se tornou meio de trabalho para vários jovens. Se temos trabalho na internet e dinheiro, temos também economia.

É possível você comprar e vender bitcoin, a ideia principal é a descentralização da moeda, não se prender a um banco físico. Ter a liberdade financeira para gerir seu dinheiro da forma que quiser e transferi-lo para qualquer lugar do mundo com taxas menores.

No Brasil, já existe um projeto de Lei aberto, n°2.303/2015, que visa a regulamentação das negociações em criptomoedas ou modalidades semelhantes.

Também para os programas de milhagem de aéreas na definição de arranjos de pagamentos, sob a supervisão do Banco Central. Esse projeto é AUREO LIDIO MOREIRA RIBEIRO, Partido SD (Solidariedade, 77).

O debate não é sustentado por argumentos fortes, o governo ainda não conseguiu entender o que é a moeda, encara como uma ameaça econômica.

Mas sabemos que não é isso, se a criptografia for usada da forma correta, ela pode beneficiar e muito o país. Se o Brasil proibir o bitcoin, seria mais um passo para trás longe do avanço tecnológico.

Desempenho da Moeda

O Bitcoin começou valendo menos de 1 dólar em 2008. A primeira vez que alguém usou a moeda, foi em 2010: Deram 10 mil bitcoin para comprar 2 pizzas.

Quem comprou essas pizzas, realmente não acreditava no potencial de valorização dessa moeda durante os anos. Se esse usuário tivesse guardado seus 10 mil bitcoin, estaria com cerca de U$ 20 milhõesou OU R$ 64 milhões.

O Bitcoin em 2017 viveu seu auge, chegou ao patamar mais alto em suas negociações: US$ 17 mil.

A alta se deve muito ao fator de divulgação, a moeda apareceu muito na mídia e telejornais, porém a pouca informação sobre a moeda. As movimentações de compra do Bitcoin foram muito especulativas.

Os novos investidores foram na onda da moeda digital e acabaram errando nas operações: compraram na alta e venderam na baixa, o que esta errado.

O Bitcoin deve ser comprado pela sua cotação mais baixa e ser vendido por uma cotação alta, para que assim você gere lucro.

Deixe um comentário