Relator afirma que há prova suficiente de que Lula participou de esquema de corrupção

LinkedIn

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do processo do o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4 ªRegião (TRF-4), anunciou que há provas razoáveis de que o petista tem envolvimento em esquema do corrupção.

“Há prova razoável que o ex-presidente foi um dos articuladores, senão o principal, do amplo esquema de corrupção”.

De acordo com Neto, é possível afirmar “em juízo de certeza” quanto a participação passiva de integrantes por parte do PT. Para ele há provas que a OAS pagava propina para funcionários da Petrobras (BOV:PETR3) (BOV:PETR4), que enviava parte do montante para o partido.

Neto ainda ressaltou que há um esquema de corrupção na maior estatal do Brasil e que não serviu apenas para enriquecimento pessoal, mas para financiamento de eleições.

*Com informações da Reuters

 

Deixe um comentário