Apesar das margens pressionadas, Renner continua com boas perspectivas, afirmam analistas

Google+ LinkedIn

Os analistas da Coinvalores e do  BB Investimentos ficaram incomodados com a pressão na margem EBITDA das Lojas Renner (BOV:LREN3) no 4T17, causada pela elevação nas despesas operacionais. Ao mesmo tempo, a estratégia de controle dos estoques, assim como os benefícios ao consumo trazidos pela redução dos juros e da retomada da economia, foram importantes para consolidar as vendas e expandir os resultados financeiros.

Veja Mais: Lucro líquido da Lojas Renner atinge R$ 331,8 milhões no 4º trimestre de 2017

O aumento nos gastos já era esperado, uma vez que a empresa havia comunicado que trabalhava intensamente no projeto de internacionalização da companhia e na criação da financeira própria. Porém, as despesas acabaram concentradas no último trimestre ao invés de se distribuirem ao longo do ano.

Ao mesmo tempo, a analista Sandra Peres, da Coinvalores, afirma que “para o ano de 2018, a Renner mantém seu plano de abertura de lojas tanto no Brasil quanto no exterior, com previsão de abrir 70 lojas” e também “que sua alavancagem continua muito baixa, finalizando o trimestre em 0,45x”. Isso justificaria a expectativa de que os resutados da empresa continuem positivos e sejam sustentados pelo consumo gerado pelos juros baixos e o aquecimento da economia. O preço-alvo indicado é de R$ 40,00 para 2018, com potencial de valorização de 15% e recomendação de compra.

A posição também é defendida pelos analistas Maria Paula Cantusio e Fabio Cesar Cardoso, do BB Investimentos, que mativeram a recomendação outperform do ativo, com preço-alvo de R$ 47,00 até o final do ano, representando um upside de 35,1%. “Durante 2018, esperamos que o desempenho de vendas continue forte, beneficiado pelo cenário macro mais favorável, e vemos oportunidades para uma recuperação da rentabilidade, dada a menor pressão oriunda dos projetos internos”, explicam.

Repórter da ADVFN, Ana Beatriz Bartolo é formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Interessada em política e economia, trabalha por um jornalismo ético que cumpra seu papel social. Twitter: @anabeatrizbart

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.