As 8 ações de dividendos preferidas das corretoras em fevereiro

Google+ LinkedIn

As ações de dividendos ganham mais charme com a queda dos juros básicos da economia para 6,75%. Considerando que o dividendo distribuído pelas empresas já é isento de imposto, o percentual distribuído se torna mais competitivo em relação ao juro da renda fixa, com a possibilidade de ganho na valorização dos papéis.

E, tomando como base as carteiras de oito corretoras do mercado, há estimativas de retornos em dividendos neste ano, o chamado “dividend yield” de até 10%, caso da Transmissão Paulista, ou de mais de 9% no caso da Taesa. O retorno depende do valor que se paga pela ação, mas como o mercado brasileiro entrou em um período de realização acompanhando o mercado americano, as chances de achar preços razoáveis para comprar aumentam. As ações de dividendos também costumam sofrer menos impacto nesses momentos de instabilidade.

As recomendações de fevereiro mostram também uma maior preocupação dos analistas em buscar diversificar as indicações depois da forte alta do Índice Bovespa em janeiro, de 11,4%. Neste mês, são oito papéis com até três indicações, contra seis no mês passado, sendo que só dois com quatro indicações. Em janeiro, eram seis ações com até três indicações e três com quatro votos.

Entre as mais votadas, três são ligadas ao setor financeiro: BB Seguridade (BBSE3), braço de seguros do Banco do Brasil (BBAS3), a bolsa B3 (BVMF3S) e o Instituto de Resseguros do Brasil (IRB) (IRBR3). Há duas empresas de energia, Taesa e Transmissão Paulista (TAEE11), uma de serviços (Smiles) (SMLS3), telefonia (Vivo/Telefônica) (VIVT4) e logística (MRV) (MRVE3).

A expectativa de melhora da economia também aumenta as chances de um dividendo maior, especialmente em um ambiente ainda de capacidade ociosa alta, que reduz a necessidade de investimentos das empresas.

Confira abaixo as ações preferidas neste mês pelas oito corretoras e a carteira de cada uma.

As preferidas em dividendos
Fevereiro Código Indicações
Smiles ON SMLE3 4
Telefonica Brasil PN VIVT4 4
BB Seguridade ON BBSE3 3
B3 ON BVMF3 3
IRB Brasil ON IRBR3 3
MRV ON MRVE3 3
Taesa ON TAEE11 3
Transmissão Paulista PN TRPL4 3

 

As indicações de cada corretora.

 

Carteiras de dividendos
Corretora ação código Div. Yield
Guide Banco do Brasil BBAS3 3,64
Comgas CGAS5 6,44
IRB Brasil IRBR3 6,22
Smiles SMLE3 7,03
Taesa TAEE11 9,12
Braskem BRKM5 3,2
Santander AES Tietê TIET11 9,56
IRB Brasil IRBR3 5,9
Banco do Brasil BBAS3 4,12
Itaúsa ITSA4 5,2
Mahle Metal Leve LEVE3 6,61
MRV MRVE3 7,27
Taesa TAEE11 9,51
Telefonica Brasil VIVT4 5,99
Bradesco Ambev ABEV3 4
B3 BVMF3 3,7
Copasa ON CSMG3 8,1
TIM ON TIMP3 3,3
MRV ON MRVE3 11,2
Itaú BB Seguridade BBSE3 5,7
Copasa ON CSMG3 5,7
Transm Paulista TRPL4 7,7
Smiles ON SMLE3 8,7
Telefonica Brasil VIVT4 5,2
XP Invest Itaú Unibanco PN ITUB4 5,5
Smiles ON SMLE3 7,3
IRB Brasil IRBR3 6,8
B3 ON BVMF3 2,9
Ambev ABEV3 3,8
Tupy ON TUPY3 5,3
MRV ON MRVE3 6,4
Transm Paulista TRPL4 10
Ultrapar ON UGPA3 3,2
Ecorodovias ON ECOR3 4,1
Metg. Gerdau PN GOAU4 5,2
Localiza ON RENT3 1,3
Planner BB Seguridade BBSE3 3,88
Grendene ON GRND3 4,44
Multiplus MPLU3 7,95
Itaúsa PN ITSA4 4,75
Ultrapar ON UGPA3 2,37
Coinvalores B3 BVMF3 n.d.
Eztec EZTC3 n.d.
Alupar ALUP11 n.d.
Itau Unibanco ITUB4 n.d.
Smiles SMLE3 n.d.
Sabesp ON SBSP3 n.d.
Tupy TUPY3 n.d.
Odontoprev ON ODPV3 n.d.
Telefonica Brasil VIVT4 n.d.
Vale VALE3 n.d.
Magliano BB Seguridade BBSE3 n.d.
Comgas CGAS5 n.d.
Copel CPLE6 n.d.
Engie Brasil EGIE3 n.d.
Sabesp ON SBSP3 n.d.
Taesa Unit TAEE11 n.d.
Vale ON VALE3 n.d.
Multiplus MPLU3 n.d.
Transm Paulista TRPL4 n.d.
Telefonica Brasil VIVT4 n.d.

 

A Arena do Pavini é um espaço voltado para fornecer informação de valor e promover o aprendizado e a discussão dos principais temas relacionados à vida do investidor. O blog de notícias é pilotado por Angelo Pavini, renomado jornalista econômico, com mais de 20 anos de experiência na cobertura do mercado financeiro e de assuntos ligados a finanças pessoais.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.