Boa noite, Investidor! 02 de fevereiro de 2018

LinkedIn

Confira o que aconteceu depois da abertura do mercado hoje.

Para mais informações sobre o que foi notícia antes da abertura da Bolsa, confira o nosso Bom dia, Investidor!

Destaques corporativos

JBS (JBSS3) – A companhia informou nesta quinta-feira (1) que sua controlada JBS USA anunciou uma emissão de bonds (títulos de renda fixa), que resultou na captação de US$ 900 milhões. Os papéis pagarão juros de 6,75% ao ano e vencimento em 2028, e proporcionarão o alongamento dos prazos médios dos passivos da companhia.

Natura  (NATU3) – O conselho de administração da Natura aprovou a oitava emissão de debêntures estimado em R$ 1,4 bilhão, cujos recursos serão usados para pré-pagamento parcial da dívida de R$ 3,7 bilhões em notas promissórias emitidas para financiar a compra de The Body Shop.

ExxonMobil (EXXO34) – A ExxonMobil obteve um lucro líquido do quarto trimestre de 2017 de US$ 8,38 bilhões, ou US$ 1,97 por ação. No mesmo período de 2016, a companhia teve lucro de US$ 1,68 bilhão, ou US$ 0,41 por ação.

Embraer (EMBR3) – Nesta sexta-feira (2), uma fonte do governo garantiu à Reuters que a Embraer e a Boeing estão planejando criar uma terceira empresa. O objetivo das duas, com a criação da terceira empresa, seria contornar as “objeções” do governo federal em torno de uma possível compra da fabricante nacional de aeronaves.

Cielo (CIEL3) – A Cielo afirmou nesta sexta-feira (2), em fato relevante, seus números de desempenho para 2018. A companhia controlada pelo Banco do Brasil (BBAS3) e Bradesco (BBDC4), estima arrecadar entre 5% e 7% no volume financeiro deste ano, levando em conta o crédito e débito.

Gol (GOLL4) – O grupo informou nesta sexta-feira (2) a emissão adicional de R$ 150 milhões de suas Senior Notes com vencimento para 2025, com remuneração de 7% ao ano, por meio de sua subsidiaria Gol Finance.

Alphabet (GOGL34) – A Alphabet ultrapassou os 100 bilhões de dólares em receita anual impulsionada pelo aumento das vendas de anúncios online, mas reportou uma perda no quarto trimestre por encargo tributário de 9,9 bilhões de dólares.

Amazon (AMZO34) – A Amazon anunciou nesta quinta-feira (1º) os seus resultados operacionais referentes ao quarto trimestre de 2017. De acordo com a empresa, o quarto trimestre foi impulsionado pelo aumento nas compras online durante a temporada de final de ano e uma forte demanda por seus serviços em nuvem.

FedEx – O sistema de entrega e logística da FedEx está voltando-se firmemente para a tecnologia descentralizada implementando soluções de Blockchain em seus principais processos. O gigante da entrega global FedEx está trabalhando com a Blockchain in Transport Alliance (BiTA) – um grupo de trabalho de empresas líderes de frete, entregas e logística que se reúnem para desenvolver e implementar a tecnologia blockchain entre as operações diárias. Primeiro divulgado pela publicação da indústria FreightWaves, a FedEx está especificamente investigando a criação de padrões de logística uniformes para aplicativos de cadeias de blocos em toda a indústria.

Petrobras (PETR3) (PETR4) – Petrobras informou que economizou R$ 750 milhões em contratações de fornecedores, depois de adotar  novos procedimentos internos e soluções tecnológicas. O tempo gasto para uma licitação também caiu 40%.

Eletrobrás (ELET3) (ELET6) – O ministro do STF Alexandre de Moraes suspendeu a decisão da Justiça Federal de Pernambuco que impedia a privatização da Eletrobrás. O “contexto de adequadação fiscal da contas públicas” foi considerado como justificativa para assegurar a urgência da MP que permite a venda da estatal.

 

Recomendações

Socopa – Em relatório divulgado, a Socopa revelou que permanece apostando na Petrobras (PETR4) e na Ambev (ABEV3) na sua carteira de top picks. Este mês, a corretora também optou por recomendar a Suzano (SUZB3), JSL (JSLG3Itaúsa (ITSA4) no lugar da Sabesp (SBSP3), Santander (SANB11) e Raia Drogasil (RADL3).

Spinelli – A corretora indicou o Carrefour (CRFB3), Copel (CPLE6) e a Quiroz Galvão (QGEP3) no lugar da Cielo (CIEL3), Guararapes (GUAR3) e Via Varejo (VVAR11).

Benndorf Research – Benndorf Research divulgou a sua carteira recomendada, com a inclusão do Pão de Açúcar (PCAR4), Copasa (CSMG3), BR Malls (BRML3Kroton (KROT3). Para isso, foram retiados os ativos da Localiza (RENT3), Braskem (BRKM5), Hering (HGTX3) e Indústrias Romi (ROMI3).

Magliano/Carteira Conservadora – A corretora optou por retirar os papéis do BB Seguridade (BBSE3) para incluir os da Telefônica (VIVT4). 

Magliano/Carteira Moderada – As ações do BB Seguridade (BBSE3entram no lugar das da Kroton (KROT3).

Magliano/Carteira Agressiva – Via Varejo (VVAR11) deu lugar a Suzano (SUZB3).

Terra Investimentos – Para essa semana, a Terra Investimentos optou por incluir os ativos da Ambev (ABEV3) e retirar os da BR Malls (BRML3). 

Notícias

IPC-Fipe – O  Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo reucou 0,46% em janeiro, com queda de preços de habitação (-0,17%) e vestuário (-0,18%).

Lula – A Justiça determinou a devolução ao ex-presidente Lula do seu passaporte. O Juiz do  Tribunal Regional Federal da Primeira Região acatou o argumento da defesa de que não havia motivos para restringir a liberdade dele.

Reforma da Previdência – O líder do Solidariedade na Câmara, o deputado Aureo, que pertence à base do governo, defendeu que a Reforma da Previdência é um tema que deveria ser discutido pelos candidatos à presidência durante o período eleitoral, tornando a medida responsabilidade do próximo governo. “Eu defendo não votar a reforma da Previdência. Acho que é um tema tão importante para o Brasil, que ela tem que ser o tema da eleição”, disse o líder à Reuters. “Entendemos que temos que discutir, sanar dúvidas com a sociedade e construir a partir daí uma reforma para o Brasil”, afirmou sobre o posicionamento do partido.

Ibovespa – Os investidores estrangeiros injetaram R$ 9,549 bilhões em janeiro, a maior entrada líquida de recursoso nos últimos 11 anos para o mês.

Orçamento – O governo anunciou o bloqueio de R$ 16,2 bilhões no Orçamento de 2018, segundo o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira. O objetivo é garantir o cumprimento da meta fiscal.

*Colaboração de Ana Beatriz Bartolo e Vanda Santana

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.