Resultados da Iochpe-Maxion foram positivos, mas seu preço-alvo depende de boas perspectivas para o setor

LinkedIn

Benndorf Research afirmou os resultados do 4T17 da Iochpe-Maxion (BOV:MYPK3) foram positivos e vieram em linha com as expectativas e os sinais de recuperação do setor. Por outro lado, os analistas responsáveis Victor Benndorf e Shin Lai enxergam um “possível teto” para a alta nos preços dos ativos.

A recomendação para quem está entrando é de estratégias mais dinâmicas, como trading com volumes reduzidos e stop na casa dos R$ 22,00. Mas para quem  já está posicionado, o alvo é nos R$ 26,00, com primeiro stop também nos R$ 22,00.

O relatório indica que as expectativas em torno da empresa estão diretamente ligadas ao mercado automobilístico, o qual por sua vez depende das exportações e da retomada do mercado interno. O segundo semestre pode ser mais positivo para a venda de veículos, dependendo dos índices de confiança do consumidor, apontam.

Além disso, os analistas afirmam que o mercado agrícola pode sustentar as vendas da Ioche-Maxion, pela alta na demanda de máquinas para o setor.

ScreenShot2018-02-22at15.55.27

Boas perspectivas na América Latina e Europa

Ao mesmo tempo, a Coinvalores continua plenamente confiante na compra dos papéis da Iochpe-Maxion, com base em um cenário positivo na América Latina e Europa. A recomendação é de compra, com alvo nos R$ 27,00.

O relatório destaca a compra de 30% das operações da unidade de rodas de alumínio na Tailândia, que rendeu o controle total da empresa, assim como a construção de uma nova fábrica de rodas de alumínio, com capacidade prevista de 2 milhões de unidades por ano, na Índia, onde a Iochpe-Maxion já possui duas unidades de rodas de aço. Segundo o analista Felipe Martins Siveira, isso corrobora um cenário com boas perspectivas nas duas regiões, com a retomada do setor automotivo.

Deixe um comentário