Bom dia, Investidor! 06 de março de 2018

LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir! 

Para saber o que aconteceu ontem após o fechamento do mercado, confira o nosso Boa noite, Investidor!

Pré Market

A guerra comercial ativada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ainda será manchete pelos próximos dias, diante do possível aumento nas restrições ao comércio global. O posicionamento mais protecionista da Casa Branca eleva as incertezas de que tal retórica se alastre a outros setores, impactando no crescimento econômico mundial – o que inclui o Brasil, que não é uma ilha.

Portanto, não deve ser a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre o habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que deve engatar um novo rali dos negócios locais. O pedido da defesa será julgado hoje, a partir das 13h, e a tendência é de que seja negado, mantendo o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) e abrindo espaço para a prisão do ex-presidente.

Só que os mercados domésticos praticamente já descartaram a presença do líder petista na corrida presidencial deste ano. Por isso, o decorrer do processo tende a ser apenas protocolar. Os investidores estão mais interessados em saber quem será o candidato do mercado, capaz de emplacar uma campanha com viés reformista e, depois, sair vitorioso no pleito de outubro.

Nos bastidores, seguem intensas as articulações sobre o nome para ser o candidato do governo à Presidência da República. O presidente Michel Temer estaria inclinado a emplacar o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ao posto, a contragosto do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Ontem, o DEM lançou seu menino prodígio como pré-candidato, mas a confirmação da candidatura ainda depende de apoio partidário.

Leia: Pré-Market: O Brasil não é uma ilha

Destaques Corporativos

JSL (JSLG3) / S&P reafirma ratings – A Agência de Classificação de Risco S&P Global Ratings reafirmou os ratings de crédito emissor ‘BB-‘ de longo prazo e ‘brAA-‘ na Escala Nacional Brasil atribuídos à JSL.

BRF (BRFS3) / Papéis derretem na B3 – Após a Polícia Federal deflagrar a nova fase da Operação Carne Fraca — a Operação Trapaça — as ações da BRF despencaram quase 20% nesta segunda-feira, perdendo cerca de R$ 5 bilhões em valor de mercado.

CESP (CESP6) / Privatização – Em sua quarta tentativa de privatizar a companhia, o governo de São Paulo pretende melhoras as condições da proposta de venda da Cesp para atrair mais compradores.

Eletrobras (ELET6) / Acordo – A Eletrobras anunciou nesta terça-feira (6), que o seu conselho de administração se reunirá amanhã (7) para confirmar a adesão de um acordo de negociação com a Eletropaulo.

Minerva (BEEF3) / Resultados – A Minerva, uma das líderes da América do Sul na produção e comercialização de carne, anunciou nesta segunda-feira, após o fechamento do mercado, os seus resultados do quarto trimestre de 2017. Durante o 4T17, a Minerva apresentou um prejuízo líquido de R$ 313,5 milhões.

Valid (VLID3) / Resultados – A Valid divulgou na noite desta segunda-feira, que o seu lucro líquido referente ao exercício do quarto trimestre de 2017 foi de R$ 1,1 milhão — queda de 96,1% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Ferbasa (FESA3) / Resultados – A Ferbasa, principal produtora de ferro e ligas, reportou lucro líquido de R$ 62 milhões no quarto trimestre de 2017.

M. Dias Branco (MDIA3) / Resultados – A M. Dias Branco, líder no mercado de massas no Brasil, anunciou na noite desta segunda-feira (5), que durante o quarto trimestre de 2017, o seu lucro líquido foi de R$ 236,1 milhões.

Recomendações de Ativos

BRF (BRFS3): O Bank Of America Merryl Lynch rebaixou a recomendação da BRF para neutra e reduziu o preço-alvo de R$ 46 para R$ 34.

Time For Fun (SHOW3): O banco BTG Pactual reiniciou a cobertura da empresa com alvo de R$ 14 e recomendação de compra. Segundo a equipe do banco, 2018 pode ser considerado um ano promissor para a empresa, graças ao aumento de patrocínios.

Eletrobras (ELET6): A corretora Plural Weight iniciou a cobertura do ativo da Eletrobras com recomendação overweight. 

Notícias

Commodities / Minério de Ferro – Os contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de Dalian, na China, encerraram a jornada desta terça-feira (5) com queda de 1,7%, a 520,5 iuanes por tonelada.

Lula / Julgamento – O julgamento do Habeas Corpus do ex-presidente Lula acontecerá hoje, a partir das 13h e será transmitido ao vivo, pela internet, no portal do STJ.

McCain Brasil / Aquisição – A McCain do Brasil, fabricante de batatas pré-fritas e congeladas, anunciou a aquisição de 49% do capital da Forno de Minas Alimentos.

Cotação / Bitcoin – A principal criptomoeda iniciou a terça-feira com queda de 5.43%. Às 09h30, a moeda estava operando abaixo dos US$ 11 mil pela primeira vez em algumas semanas, sendo cotada a US$ 10.902,06.

Agenda Econômica

BRASIL
* O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julga, a partir das 13h, o Habeas Corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em que o ex-petista apela contra a sentença do Tribunal Regional Federal da 4 Região (TRF-4) de 12 anos e um mês de prisão.

* A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga, às 8h, o Indice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que mede a inflação para consumidores de renda familiar de até 2,5 salários mínimos, referente a fevereiro.

* O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga às 9h os dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Industrial referentes a janeiro. O Termômetro CMA aponta para queda de 1,9% na produção ante dezembro, mas alta de 6% na comparação com janeiro de 2017.

* O Tesouro Direto promove a partir das 11h leilão de venda de títulos NTN-B com vencimento em 15 de maio de 2023, 15 de agosto de 2028, 15 de maio de 2035 e 15 de maio de 2055.

* A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulga, às 11h20, o desempenho da indústria automobilística (veículos e máquinas agrícolas e rodoviárias) em janeiro.

* O Banco Central (BC) divulga, às 15h, os dados da poupança de fevereiro.

ESTADOS UNIDOS

* As encomendas às fábricas de janeiro serão publicadas às 12h pelo Departamento do Comércio. Em dezembro, as encomendas subiram 1,7% ante novembro. A previsão é de queda de 1,5% em janeiro.

EUROPA E ÁSIA
* Não há indicadores previstos.

 

Deixe um comentário