Bom dia, Investidor! 21 de março de 2018

LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Para saber o que aconteceu ontem após o fechamento do mercado, confira o nosso Boa noite, Investidor!

Pré Market: Juro sobre nos EUA e cai no Brasil

Por: Olívia Bulla

Os mercados financeiros devem, enfim, ganhar tração nesta quarta-feira, após as duas últimas sessões arrastadas de negócios, com os investidores em compasso de espera pelas decisões dos bancos centrais do Brasil (Copom) e dos Estados Unidos (Fed). Nos dois casos, a expectativa recai na comunicação em relação às ações futuras, diante das apostas de queda na taxa básica brasileira (Selic) e de alta no juro norte-americano (FFR), de 0,25 ponto, cada.

À espera desses dois grandes eventos do dia, os índices futuros das bolsas de Nova York estão na linha d’água, o dólar avança e o petróleo também, em meio à redução da oferta mundial da commodity pelos países do cartel da Opep. O feriado no Japão esvaziou a sessão na Ásia, mas as ações de petrolíferas lideraram os ganhos na região, enquanto os investidores aguardam qualquer reação da China contra a guerra comercial de Donald Trump. Por ora, Pequim mantém uma postura de diálogo, demonstrando cautela, de modo a não agravar o cenário.

Nos demais mercados, merecem atenção o avanço do ouro e do minério de ferro, ao passo que o juro projeto pelo título norte-americano de 10 anos (T-note) está de lado, abaixo de 2,90%. Na Europa, as principais bolsas e moedas também abriram sem um rumo definido, com os investidores deslocando o foco das tensões geopolíticas com a Rússia e voltando-se à primeira reunião do Fed sob o comando de Jerome Powell.

Enquanto no Brasil, o que se quer saber é se o Copom vai encerrar o ciclo de cortes do juro básico neste mês – ou se abrirá a possibilidade de uma queda adicional em maio; nos EUA, a dúvida que ainda persiste é quanto à extensão do processo de aperto monetário. O cenário-base do Fed ainda contempla três altas neste ano – sendo que a primeira deve acontecer hoje, mas esse ritmo pode migrar para quatro aumentos até dezembro.

Os investidores vão, então, buscar pistas na comunicação dos BCs com o mercado financeiro sobre os próximos passos. O problema é que o Copom pode manter um tom suave (“dovish”) no comunicado que acompanhará o anúncio da decisão, sem necessariamente se comprometer com novos cortes em 2018.

Destaques Corporativos

Eletrobras (ELET3): Segundo o relator do projeto de privatização da Eletrobrás, deputado José Carlos Aleluia, o projeto de privatização da empresa deve ser votado até o fim de abril.

Embraer (EMBR3): O jornal Valor Econômico informou na manhã desta quarta-feira (21), que a Boeing e a Embraer estão trabalhando para apresentar ainda nesta semana — ou na próxima – o modelo da proposta de aquisição da Embraer.

Movida (MOVI3): A Movida reportou lucro líquido de R$ 19,9 milhões durante o quarto trimestre de 2017. Segundo a empresa, o resultado significa um aumento de 7,2% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Cosan (CSAN3): A Cosan anunciou na noite desta terça-feira que fechou um acordo com a Exxon para “produção, importação, distribuição e comercialização exclusiva” de lubrificantes e especialidades da marca Mobil.

Burger King (BKBR3): A operadora da rede de fast food Burger King, BK Brasil, acertou um acordo com a rede norte-americana Popeyes para ser master franqueada da marca no país durante 20 anos.

Light (LIGT3): A Light anunciou nesta quarta-feira a venda da sua controlada Light Esco para a Ecogen. O valor total da transação foi de R$ 43 milhões.

Recomendações de Ativos 

JBS (JBSS3): O banco Bradesco BBI reiniciou a cobertura do ativo com preço alvo em R$ 11 e recomendação neutra. 

Smiles (SMLS3): A equipe do Itaú BBA optou por manter a recomendação outperform para o ativo, com preço alvo de R$ 97.

Notícias 

Rating / China: A Fitch Ratings, agência de classificação de riscos, reafirmou o rating da China em ‘A+’, com perspectiva estável.

Cotação / Minério de Ferro: Os contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de Dalian, na China, encerraram a jornada desta quarta-feira com alta de 0,87% a 463 iuanes por tonelada.

Monitor do PIB / FGV: Segundo dados da Fundação Getulio Vargas, o monitor do PIB apontou crescimento de 0,9% no trimestre móvel encerrado em janeiro.

Copom / Taxa Selic: Nesta quarta-feira (21), o mercado financeiro deve conhecer a nova taxa básica de juros. Segundo especialistas, é esperado que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, reduza a taxa para 6,50% ao ano. Atualmente, a taxa está em 6,75%.

Agenda Econômica 

BRASIL
* A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga às 8h os dados da prévia da Sondagem da Indústria e da confiança do setor referentes a março.

* A FGV publica, às 8h, o monitor do Produto Interno Bruto (PIB), que estima mensalmente o PIB brasileiro em volume.

* A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga, às 10h, o Indice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) de março.

* O Banco Central (BC) divulga às 12h30 os dados do fluxo cambial de março até o dia 16.

* O BC divulga às 18h a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a taxa básica de juros, a Selic. O mercado aposta em corte de 0,25 ponto percentual, a 6,5% ao ano, conforme levantamento do Termômetro CMA.

ESTADOS UNIDOS

* O saldo em conta corrente do quarto trimestre de 2017 será publicado às 9h30 pelo Departamento do Comércio. No terceiro trimestre, houve déficit de US$ 100,6 bilhões. Analistas esperam déficit de US$ 125 bilhões no quarto trimestre.

* As vendas de imóveis residenciais usados em fevereiro serão publicadas às 11h pela NAR. Em janeiro, as vendas caíram 3,2% ante dezembro. A previsão é de alta de 0,4% em fevereiro.

* A posição dos estoques de petróleo até sexta-feira da semana anterior será publicada às 11h30 pelo Departamento de Energia (DoE).

* A decisão de política monetária será publicada às 15h pelo Federal Reserve, junto com projeções atualizadas para a economia.

* O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, concede entrevista coletiva para falar sobre a decisão de política monetária a partir das 15h30.

EUROPA E ÁSIA
* Japão: o mercado de ações do país fica fechado em razão de um feriado.

* Reino Unido: o resultado das contas públicas de fevereiro será publicado às 6h30 pelo departamento de estatísticas. Em janeiro, houve superávit de 10 bilhões de libras.

* Reino Unido: a taxa de desemprego do trimestre até janeiro será publicada às 6h30 pelo departamento de estatísticas. Nos três meses encerrados em dezembro, a taxa foi de 4,4%.

* Japão: a leitura preliminar do índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial de março será publicada às 21h30 pelo instituto IHS Markit. Em fevereiro, o PMI caiu de 54,8 para 54,1 pontos.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.