Bovespa marca 5 pregões consecutivos em queda

LinkedIn

O Ibovespa acumulou o 5º pregão consecutivo com perdas nesta segunda-feira (19), impactado pelo viés negativo do mercado internacional.

Histórico

O indicador teve queda de 1,15%, cotado a 83.913,06 pontos. Os papéis daUsiminas (USIM5recuaram 4,93%, os da Vale (VALE3perderam 2,0% e os do Itaú Unibanco (ITUB4desvalorizaram 2,0%.

Após 13 pregões em março, o índice recuou 1,69%. Já se foram 5 fechamentos positivos contra 8 negativos. Em fevereiro, o indicador fechou com  85.353,59 pontos.

Já no comparativo com 2017, após 52 pregões, o Ibovespa subiu 9,83%. Já foram 30 fechamentos positivos contra 22 negativos. Ano passado, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influências

O mercado seguiu acompanhando o exterior, mas com cautela com a decisão de juros dos Estados Unidos que pode acontecer na quarta-feira (21).

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário