Documentos vazados por Snowden revelam que os EUA estão espionando usuários de Bitcoin

LinkedIn

Os documentos indicam que a Agência Nacional de Segurança (NSA) criou um programa antiterrorista. Eles também obtiveram acesso a informações privadas dos usuários, como endereços, senhas e endereços IP.

Documentos recentemente divulgados por Edward Snowden mostram uma conexão entre o governo dos EUA e o Bitcoin. A plataforma de notícias theintercept.com divulgou ontem documentos oficiais vazados por Snowden, que mostram que a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSAestá espionando globalmente usuários de bitcoin. Os documentos internos da NSA são de março de 2013.

O relatório está cheio de nomes e números de código, bem como a catalogação e referência cruzada de dados, que finalmente os ajudou a “rastrear remetentes e receptores de bitcoins“. A NSA chamou seu projeto de espionagem bitcoin Oakstar. O foco inicial da missão era o antiterrorismo.

Não parece que a NSA estivesse caçando pessoas aleatoriamente. Aparentemente, a agência estava monitorando grupos que usavam o nível de anonimato permitido nas transações do Bitcoin para fins clandestinos, como atividades de lavagem de dinheiro. Em uma parte do documento secreto da NSA , pode ser visto:

[Agente da NSA] espera usar o acesso para sua missão de analisar o crime organizado e os alvos cibernéticos que usam serviços de e-currency on-line para movimentar e lavar dinheiro. Essas redes de financiamento ilícito proporcionam aos usuários acesso aos sistemas monetários financeiros internacionais, ao mesmo tempo em que proporcionam um alto nível de anonimato “ .

Aparentemente, a NSA poderia usar ferramentas sofisticadas para coletar e analisar dados da Internet. Capacidades que foram reforçadas por um super software que protegia a identidade dos usuários.

Bitcoin foi uma das três áreas de atividade que foram observadas, além da plataforma de pagamento Liberty Reserve, que desde então tem sido fechada em repetidas ocasiões em meio a lavagem de dinheiro com criptomoedas. Embora o Bitcoin não seja a criptomoeda mais anônima do mercado, era a “prioridade número 1” da NSA .

Acesso à rede

NSA não parou por aí. Aparentemente, também obtiveram acesso aos sistemas de computadores dos usuários, coletando informações como senhas, nomes de usuários. Eles também parecem ter capturado informações pessoais, como detalhes de faturamento e endereços IP. A agência buscava descobrir a conexão entre o que eles chamavam de “alvos Bitcoin” e os dados que eles manipulavam.

No entanto, quanto mais o governo tenta controlar o movimento Blockchain, mais ele parece encorajar a comunidade de criptomoeda a se distanciar do uso do sistema financeiro centralizado.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.