Lula alega está candidato e pede que STJ permita que povo possa julgá-lo nas "urnas"

LinkedIn

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (6), dia em que terá julgado um habeas corpus para evitar sua prisão antes de esgotados os recursos contra uma condenação em segunda instância, que está candidato ao Palácio do Planalto e defendeu que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) permita que o povo o julgue em outubro nas urnas.

Liderando as pesquisas no Planalto, o petista reiterou que não há provas contra ele e que, se exigisse, ele abandonaria a carreira pública.

Fonte: Reuters

Deixe um comentário