Apple Pay, sistema de pagamento móvel da Apple, chega ao Brasil

LinkedIn

O Apple Pay, sistema de pagamento móvel da dona do iPhone, chega nesta quarta-feira no Brasil. O país é o 21º a receber o sistema, que foi lançado em 2014. A plataforma aterrisará no Brasil em uma parceria com o banco Itaú, que terá exclusividade no serviço durante 90 dias.

Inicialmente, o Apple Pay estará disponível apenas para quem possui cartões de crédito do Itaú. Na hora de efetuar o pagamento, tanto em lojas físicas quanto em lojas digitais ou aplicativos, o consumidor deve aproximar o smartphone da máquina e através da tecnologia NFC (Near Field Comunication), o celular reconhecerá o valor devido.

O pagamento poderá ser confirmado a partir da impressão digital do consumidor ou de reconhecimento facial, dependendo do modelo do celular*. Lembre-se: antes de sair às compras, é necessário cadastrar um cartão de crédito válido. O registro vai gerar um número de conta único que será enviado em uma compra para que a bandeira do cartão identifique o cliente.

Segundo a Apple, 67% das máquinas de cartão em operação no Brasil já estão habilitadas para receber via Apple Pay.

Concorrência

O anúncio marca a crescente aproximação entre instituições financeiras locais com grandes empresas globais de tecnologia. Pouco mais de um mês atrás, o Google anunciou a chegada ao país do Google Pay, plataforma que unifica o Android Pay e Google Wallet, em parceria com o Bradesco. A Samsung, principal concorrente da Apple, também lançou — com alguns anos de diferença — a sua plataforma de pagamento móvel. Com isso, a maior parte dos usuários já tem a tecnologia em mãos.

Segundo o diretor-executivo da área de cartões do Itaú  Unibanco, Marcelo Kopel, o principal objetivo da parceria com a Apple é criar uma experiência para os clientes, evitando por exemplo, a demora na hora do pagamento.

Devido ao uso de soluções integradas de segurança do próprio banco e da Apple, os pagamentos feitos por meio desse canal não se limitarão a pequenos valores, como é comum em soluções que usam o celular para pagamentos.

Além da Rede, processadora de pagamentos do Itaú, outras adquirentes também poderão processar as operações, mas Kopel não detalhou quais.

*O Apple Pay estará disponível nos modelos iPhone SE, iPhone 6 e superiores.

Deixe um comentário