B2W: BTG pactual recomenda compra e eleva o preço-alvo para R$ 36

LinkedIn

Em relatório enviado aos clientes nesta sexta-feira (20), os analistas do BTG Pactual revisaram para cima o preço-alvo da B2W (BOV:BTOW3), passando de R$ 29 para R$ 36, com recomendação de compra.

O banco segue com visão positiva para o ativo e destaca que a B2W é uma das “vencedoras de longo prazo do crescente espaço de comércio eletrônico do Brasil.”

De acordo com os analistas responsáveis pelo relatório, a implementação da plataforma de atendimento da empresa, que tem como base serviços de logística e sua própria solução de pagamento, é semelhante ao esquema Alibaba/Alipay no curto prazo.

Recomendações

No portfólio de recomendações do BTG, o banco selecionou ativos que poderiam obter ganhos substanciais à medida em que suas histórias de recuperação, reestruturação e desalavancagem vão se desenvolver. Dessa forma, as indicações do banco são: Usiminas (BOV:USIM5), Oi (BOV:OIBR4), B2W (BOV:BTOW3) e Gol Linhas Aéreas (GOLL4).

O banco também optou por indicar ativos que poderiam se beneficiar positivamente com as eleições estaduais do Brasil. Diante deste cenário, as escolhas foram: Copasa (CSMG3) para Minas Gerais e Sabesp (SBSP3) para o Estado de São Paulo.

Small Caps 

As Small Caps escolhidas pelo banco são: Wiz (BOV:WIZS3), Time For Fun (SHOW3), Santos Brasil (STBP3), Alliar (AALR3), Lopes (LPSB3) e Valid (VLID3).

*Algumas informações foram retiradas do site Infomoney 

Deixe um comentário