Bom dia, Investidor! 30 de abril de 2018

LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Para saber o que aconteceu ontem após o fechamento do mercado, confira o nosso Boa noite, Investidor!

Pré Market

O mercado financeiro tem liquidez reduzida neste último dia de abril, que ficou espremido entre o fim de semana e o feriado pelo Dia de Trabalho, celebrado amanhã no Brasil e em vários países do mundo. Com isso, o investidor aproveita para reavaliar os números do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos, conhecidos na última sexta-feira, antes de uma série de eventos econômicos importantes no país nos próximos dias, que pode definir o rumo dos juros norte-americanos.

Por ora, os negócios no exterior mantêm a correção observada ao final da semana passada, com o rendimento (yield) do título de 10 anos dos EUA (T-note) orbitando ao redor de 2,96%, o que abre espaço para uma recuperação das bolsas internacionais, que são embaladas pelo noticiário corporativo. Os resultados trimestrais das empresas e anúncios de fusões e aquisições impulsionam os preços dos ativos globais.

Nesta manhã, os índices futuros das bolsas de Nova York estão em alta, após uma sessão de ganhos na Ásia – apesar dos mercados no Japão e na China permanecerem fechados hoje – e em meio a uma abertura positiva na Europa. O dólar, por sua vez, ganha terreno das moedas rivais, o que penaliza as commodities, com o petróleo e o ouro em queda. Os metais básicos, porém, avançam.

Mas são os números econômicos nos EUA que irão ditar o rumo do mercado financeiro nesta semana, com o ritmo de aumento dos juros norte-americanos e do yield da T-note seguindo em foco, uma vez que o Federal Reserve se reúne para a próxima decisão de política monetária a partir de amanhã, em meio à divulgação de dados sobre atividade, inflação e emprego no país.

Leia: Pré-Market: Mercado fecha abril de olho em eventos em maio

Destaques Corporativos 

Fibria (BOV:FIBR3): O Conselho de Administração da Fibria aprovou o pagamento de R$ 258 milhões sob a forma de dividendos. Segundo a empresa, o benefício irá contemplar a base acionária do dia 3 de maio e o pagamento será feito no dia 15 de maio.

Azul (BOV:AZUL4): A United Airlines, uma das maiores companhias aéreas dos Estados Unidos, pode voltar a aumentar a sua participação na Azul, mesmo depois de ter elevado a sua fatia na companhia de 3,7% para 8%.

Hypera Pharma (BOV:HYPE3): Segundo o jornal Valor, o plano de expansão da Hypera, previsto pela farmacêutica até fevereiro, deve ser adiado ao menos até o fim do ano. Segundo o novo presidente da companhia, Breno Oliveira, o aumento da produtividade das atuais unidades adiou temporariamente a possibilidade de expansão.

Qualicorp (BOV:QUAL3): A Qualicorp informou que o seu conselho de administração aprovou o pagamento de R$ 102 milhões sob a forma de dividendos. O valor corresponderá a R$ 0,36 por ação e deverá ser pago no dia 10 de maio.

T-Mobile (SPRN34): Neste domingo (29), a T-Mobile finalizou a compra da Sprint em um acordo de US$ 26 bilhões, que unirá a terceira e a quarta maiores operadoras de telefonia móvel dos Estados Unidos.

Recomendações de Ativos 

Magliano: Para essa semana, a Magliano optou por incluir os ativos da Gerdau (GGBR4), Itaú Unibanco (ITUB4), Klabin (KLBN11), AES Tietê (TIET11e Vale (VALE3) na sua carteira.

Notícias

Gasolina: O preço médio do litro da gasolina, vendida nos postos de combustível, subiu para R$ 4,226, ante R$ 4,215 na semana anterior. O levantamento foi feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Boletim Focus: No relatório Focus desta semana, os analistas do mercado financeiro revisaram novamente suas expectativas para o crescimento do PIB e para a Inflação de 2018. Segundo o relatório, a inflação de 2018 será de 3,49% e o crescimento do PIB será de 2,75%.

Agenda Econômica

CapturadeTela2018-04-30às09.24.59

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.