Bovespa fecha próxima da estabilidade, após elevar no começo do pregão

LinkedIn

O Ibovespa fechou o pregão perto da estabilidade nesta terça-feira (3), após apresentar ganhos no começo do dia, com o mercado atento ao julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), marcado para amanhã (4).

Histórico

O indicador teve queda de 0,05%, cotado a 84.623,46 pontos. Os papéis da Gafisa (GFSA3ampliaram 4,9%, e os das Eletrobras (ELET6avançaram 2,00%.

Por outro lado, os ativos da Usiminas (USIM5recuaram 1,9%, os do Banco do Brasil (BBAS3) perderam 1,3%, e os da Petrobras (PETR3) reduziram 0,9%.

Após 2 pregoes em abril, o índice desvalorizou 0,87%. Não houve fechamento positivo apenas 2 negativos. Em março, o indicador fechou com 85.365,56 pontos.

Já no comparativo com 2017, após 62 pregões, o Ibovespa subiu 10,76%. Já foram 35 fechamentos positivos contra 27 negativos. Ano passado, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influências

O mercado seguiu acompanhando o cenário interno às vésperas do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo Supremo Tribunal Federal, marcado para esta quarta-feira (4), no caso do triplex do Guarujá.

Deixe um comentário