BR Pharma solicita corte de 95% da dívida

LinkedIn

A rede de farmácias Brasil Pharma (BOV:BPHA3) apresentou na segunda-feira (09) uma proposta de restruturação, na tentativa de reverter o seu déficit financeiro.

De acordo com a companhia, o plano é ficar apenas com a rede de franquias Farmais. No caso dos credores, a rede pretende vender os pontos comerciais e as poucas farmácias próprias que sobraram das redes Big Ben e Santana.

Administração

A empresa é controlada pela Lyon Capital – de Paulo Remy, ex-presidente da W/Torre – desde abril de 2017, quando os sócios do BTG Pactual optaram por sair do acordo após dificuldades em fazer a BR Pharma avançar.

Fonte: Broadcast

Deixe um comentário