Futuros do minério de ferro recuam 3,58% na véspera de feriado chinês

LinkedIn

Investing.com – A quarta-feira foi marcada, mais uma vez, pela queda nos preços dos contratos futuros do minério de ferro na bolsa de mercadorias de Dalian. Os papéis da commodity, com vencimento em maio, tiveram forte queda de 3,58% a 431 iuanes por tonelada do produto, voltando assim ao patamar dos 430 iuanes.

Também foi registrada expressiva queda nos contratos de maio do vergalhão de aço, esses negociados em Xangai. A queda diária foi de 37 iuanes, indo para um total de 3.590 iuanes por tonelada. O segundo ativo de maior liquidez, com entrega em outubro, perdeu 38 iuanes a 3.318 iuanes por tonelada.

Os mercados acionários da China recuaram nesta quarta-feira, com os investidores reduzindo sua exposição a ações antes de feriado e se preparando para as contramedidas de Pequim contra as tarifas norte-americanas sobre as exportações chinesas.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,19 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,15 por cento.

Embora houvesse algum desconforto persistente entre os investidores, a maioria considera que as sanções dos EUA terão impacto insignificante sobre o crescimento, e espera que uma guerra comercial seja evitada através de negociações.

A maioria dos setores caiu, mas o setor de consumo, que é visto como imune a disputas comerciais, subiu mais de 3 por cento.

Na terça-feira, o governo Trump anunciou tarifas de 25 por cento sobre 50 bilhões de dólares em importações anuais da China, cobrindo cerca de 1.300 produtos de tecnologia industrial, transporte e produtos médicos.

O Ministério do Comércio da China imediatamente alertou que estava preparando contramedidas de igual intensidade, com uma entrevista coletiva nesta quarta-feira para discutir as relações com os norte-americanos. O país retaliou com uma lista de taxas similares sobre importações dos Estados Unidos como soja, aviões, carros, uísque e produtos químicos.

Mas não houve sinais do tipo de pânico visto há duas semanas quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu impor tarifas de até 60 bilhões de dólares sobre as importações chinesas, levantando temores de uma guerra comercial e provocando venda de ativos de risco.

Os mercados acionários da China permanecerão fechados na quinta e sexta-feira por conta do feriado do Dia de Limpeza dos Túmulos, que comemora e reverencia os antepassados.

Deixe um comentário