Sem atrair atenção de investidores, Dass deve suspender IPO, diz jornal

LinkedIn

Investing.com – Programada para realizar a precificação das ações nesta quinta-feira a Dass, empresa que administra marcas de material esportivo e calçados esportivos como Umbro e Fila, não deve sair do papel, levando à suspensão da oferta inicial de ações (IPO). As informações são da Coluna do Broad.

A companhia teve dificuldades de atrair interessados, ao contrário do que aconteceu com NotreDame Intermedica, Hapvida e Banco Inter. De acordo com a publicação, o maior obstáculo foi o de não haver por parte da Nike e Adidas, marcas que representam fatia relevante da receita da empresa, compromisso formal de compra de volumes mínimos dos produtos e nem compromisso para o fornecimento.

Além disso, a publicação destaca a forte concorrência neste mercado também pesou para afastar os investidores, ainda mais em um período em que foram lançados dois IPOs bastante concorridos: das operadoras de planos de saúde Notredame Intermédica e Hapvida, que juntas movimentaram mais de R$ 6 bilhões.

Se confirmada a suspensão, será a terceira empresa do ano a ter sua tentativa de abrir capital frustrada, casos da Blau Farmacêutica e da Ri Happy. A precificação do Banco Inter deve sair hoje, tendo ajuda de dois âncoras, os fundos Atimos e Squadra. A operação não foi tranquila, com a demanda pela oferta ficando cerca de 1,5vez o volume definido.

Deixe um comentário