Suzano tem lucro líquido de R$ 813 milhões no 1º tri, crescimento de 80,6%

LinkedIn

A Suzano Papel e Celulose (BOV:SUZB3) fechou o primeiro trimestre deste ano com um lucro líquido de R$ 813 milhões, 80,6% acima dos R$ 450 milhões do mesmo período do ano passado, informou hoje a empresa. A receita líquida cresceu 33,1%, para R$ 2,999 bilhões, e o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Lajida ou Ebitda) ajustado ficou em R$ 1,528 bilhões, aumento de 80,4%.

A margem Ebitda, que mostra quanto o Ebitda representa da receita líquida da empresa, ficou em 51%, acima dos 37,6% do ano passado. A geração de caixa operacional da empresa foi de R$ 1,265 bilhão, 103,4% maior que no mesmo trimestre do ano passado. A dívida líquida em relação ao Ebitda caiu, de 2,8 vezes para 1,7 vezes.

Os números vieram bem melhores apesar da que no volume de vendas, de 1,7%, para 1,160 milhão de toneladas. Já a produção subiu, 2,5%, para 1,213 milhão de toneladas. O ganhou veio do aumento do preço da celulose, de 22% sobre o primeiro trimestre do ano passado, para R$ 855 a tonelada. Segundo a Suzano, com a estabilização da demanda no Brasil, a empresa buscou ampliar seus mercados no exterior, especialmente na Inglaterra (13,2%), México (13,2%), França (7,7%) e Estados Unidos (1,6%.

A empresa lembrou que está aguardando a avaliação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para a associação com a Fibria.

Deixe um comentário