Bovespa mantém queda; investidores reagem a medidas da Petrobras

LinkedIn

O Ibovespa seguiu em queda no pregão desta quinta-feira (24), com os investidores reagindo rigorosamente após a Petrobras anunciar a queda de 10% no preço do diesel por 15 dias.

Histórico

O indicador teve queda de 0,92%, cotado a 80.122,31 pontos. Os papéis da Petrobras ON (PETR3)  recuaram 13,71% e os da Petrobras PN (PETR4) despencaram 14,55%.

Após 17 pregões em maio, o índice desvalorizou 6,96%. Houve 6 fechamentos positivos contra 11 negativos. Em abril, o indicador fechou com 86.115,50 pontos.pontos.

Já no comparativo com 2017, após 98 pregões, o Ibovespa subiu 4,87%. Já foram 51 fechamentos positivos contra 47 negativos. Ano passado, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influências

Segundo a Economática, a Petrobras voltou a perder o posto de maior empresa brasileira de capital aberto em valor de mercado, além disso a estatal decidiu na quarta-feira reduzir 10% o preço do diesel nas refinarias em meio aos protestos dos caminhoneiros pelo país.

Deixe um comentário