Incertezas pairam sobre a companhia, destaca Coinvalores sobre resultado da MDIA3

LinkedIn

O resultado da M. Dias Branco (BOV:MDIA3) não foi muito agradável na visão da Coinvalores. Em relatório nesta terça-feira (11), a corretora destacou que a companhia entregou um crescimento de apenas 0,9% em sua receita líquida frente ao 1T17.

Por outro lado, os analistas ressaltam que houve um resultado positivo na expansão do volume de todas as linhas de produtos da empresa, principalemte nas regiões Sul e Sudeste, número que foi compensando pela retração de 3,3% nos preços na comparação com o mesmo período do ano passado. No mesmo período, o EBTIDA e o lucro líquido apresentaram perdas de 14,5% e 30,8%.

Para a Coinvalores, o baixo resultado advém da estabilidade da receita com alta de 8,4% nos custos dos produtos vendidos, e pelo aumento do custo do trigo e da carga tributária sobre o produto. Outro fator que prejudicou a companhia, segundo os analistas, foi a estratégia de investimentos de marketing e inovação da M. Dias Branco, que gerou aumento nas suas despesas, o que comprimiu as margens. Mas ainda há um ponto positivo no resultado. Os analistas ressaltam que o grupo, neste período, manteve a liderança nacional de duas das suas principais linhas de produtos, os biscoitos e as massas, com ampliação do seu market share.

Pensando no futuro desse ano, a corretora destaca o foco da companhia em ganhos de rentabilidade e também na verticalização total do processo produtivo, além da entrada de novos produtos com melhores margens. A Coinvalores revelou um detalhe que chamou a sua atenção no começo desse ano. Ela conta que a ordem judicial de busca e apreensão na sede da M. Dias Branco, em 10 de abril, não trouxe ainda esclarecimento dos fatos.Desta forma, a corretora considera que a companhia entrou em um ambiente bastante volátil, sendo assim, ela anuncia que passou a sua recomendação para manutenção.

CapturadeTela2018-05-15às10.48.47

Deixe um comentário