Tesouro Direto prorroga suspensão até 15h30; juro e dólar seguem em alta; Ibovespa cai para 81 mil pontos

LinkedIn

O Tesouro Direto prorrogou a suspensão dos negócios de compra de títulos públicos pela internet até as 15h30, devido à forte oscilação das taxas de juros dos papéis. A expectativa inicial era que o Tesouro Direto poderia voltar a funcionar ao meio-dia.

O mercado passa por um grande ajuste de taxas após a alta do dólar para R$ 3,76 hoje e pela decisão do Banco Central (BC) de manter os juros em 6,5% na reunião de anteontem do Comitê de Política Monetária (Copom) quando os analistas esperavam corte de 0,25 (p.p). As taxas dos papéis corrigidos pela inflação de prazo mais curto, para 2024, chegaram a 5% hoje.

Os juros futuros para janeiro indicam uma projeção de 6,67% ao ano, ante 6,60% ontem. Para janeiro de 2020, a taxa subiu de 7,62% para 7,72% e, para 2021, de 8,67% para 8,86%. Já o contrato mais longo, para 2025, subiu de 10,23% para 10,64% ao ano.

O dólar recuou um pouco em relação à máxima de R$ 3,76, para R$ 3,74 no mercado comercial, ainda assim em alta de  1,07%. No mercado turismo, a moeda é vendida a R$ 3,95, alta de 1,02%.

Ibovespa cai com varejo sofrendo após alta dos juros

Já o Índice Bovespa voltou a cair com força, para 81.591 pontos, baixa de 2,43% às 13h50. Os principais papéis estão em queda, com Itaú Unibanco PN recuando 2,44%, Petrobras PN, 2%, Ambev ON, 3,70%, Vale ON, 2,7% e Bradesco PN, 1,28%.

Só três papéis do Índice estão em alta: Suzano Papel ON, 3,3%, Ultrapar ON, 1,43% e Fibria ON, 0,45%. Suzano e Fíbria são exportadoras beneficiadas pela alta do dólar. Já as maiores quedas do índice são de B2W ON, 6,30%, Magazine Luíza ON, 4,4%, ViaVarejo ON, 4,37%, Lojas Americanas PN, 3,33%, varejistas afetadas pela perspectiva de alta dos juros que pode prejudicar as vendas a prazo.

Comentários

  1. Francisco M Andre diz:

    Quando volta ao normal ? Esse mês só negativo ? Porque?

    • Vanderléia Santana diz:

      Olá, Francisco. Segundo o site do Tesouro, “devido à forte volatilidade nas taxas de juros dos títulos públicos nesta manhã (18), informamos que o Tesouro Direto foi supenso às 09:50. A expectativa é de normalização por volta das 15:30 horas.

Deixe um comentário