Bom dia, Investidor! 14 de junho de 2018

Google+ LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!
Para saber o que aconteceu ontem após o fechamento do mercado, confira o nosso Boa noite, Investidor!

Pré Market

Mal o mercado financeiro digeriu a mensagem mais agressiva (“hawkish”) do Federal Reserve, confirmando que serão quatro altas na taxa de juros dos Estados Unidos neste ano, os investidores já se preparam para um tom mais duro também do Banco Central Europeu (BCE). Em meio aos sinais de que os estímulos artificiais ficaram para trás, os países emergentes sentem o choque, com a China perdendo tração frente às ameaças protecionistas.

A atividade industrial chinesa cresceu 6,8% em maio, em base anual, desacelerando-se em relação à alta de 7,0% em abril e também ficando abaixo da previsão de manutenção do ritmo. No varejo, as vendas avançaram 8,5% no mês passado em relação a um ano antes, perdendo tração após a alta de 9,4% no mês anterior e contrariando a estimativa de +9,6%.

Já os investimentos em ativos fixos não-rurais no país subiram 6,1% em maio, enquanto as vendas de imóveis nas cidades chinesas tiveram alta de 12,8% desde janeiro. Após esses números sugerirem uma economia que está perdendo vapor, o BC chinês (PBoC) esquivou-se em acompanhar a decisão de ontem do Fed, ao contrário do ocorrido em março.

Leia: Pré-Market: Mercado tem dor de cabeça com BCs

Destaques Corporativos

Eletrobras (BOV:ELET6): Em comunicado, a Eletrobras informou que o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou um prazo de 15 dias para a empresa apresentar uma resposta com conclusões e propostas sobre as recomendações feitas pelo órgão em relação à venda das 70 Sociedades de Propósitos Específicos (SPEs).

Banco do Brasil (BOV:BBAS3): A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil (BB) divulgaram o calendário de saques das contas inativas dos fundos dos programas PIS e Pasep. Com início na próxima segunda-feira (18), cotistas do PIS/Pasep com idade a partir de 57 anos poderão procurar as agências do BB e da Caixa para sacar o benefício.

Kroton (BOV:KROT3): A Kroton pretende levantar cerca de R$ 5,5 bilhões em títulos de dívida da Saber, holding de educação básica da companhia. A empresa já entrou com pedido para abertura de capital da Saber na CVM.

Odontoprev (BOV:ODPV3): O Conselho de Administração da Odontoprev aprovou nesta quarta, 13, o pagamento de R$12.182.055,16 sob a forma de juros sobre o capital próprio. O benefício irá contemplar a base acionária do dia 18 de junho de 2018 e o pagamento será feito no dia 04 de julho.

Petrobras (BOV:PETR4): A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (13) um requerimento que confere regime de urgência ao projeto que autoriza a Petrobras a vender até 70% dos campos da chamada cessão onerosa.

BRF (BOV:BRFS3): Pedro Parente, ex-presidente da Petrobras, deve assumir nesta quinta-feira (14) a presidência executiva da BRF. O anúncio vem quase duas semanas após o executivo deixar o controle da petroleira.

Estácio (BOV:ESTC3): A Estácio informou seu Conselho de Administração, em reunião realizada nesta quarta (13) que aprovou o cancelamento de 8.807.567 ações ordinárias nominativas, sem valor nominal, de emissão da companhia e mantidas em tesouraria, sem redução do valor do capital social.

Eletrobras (BOV:ELET3): O presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, afirmou que o governo federal deve publicar na próxima sexta-feira o edital de leilão das distribuidoras da Eletrobras.

Grupo Pão de Açúcar (BOV:PCAR3): Em uma tentativa de melhorar a experiência do consumidor e estreitar o contato com a indústria, o Grupo Pão de Açúcar anunciou que vai relançar a marca Compre Bem. Durante o segundo semestre, o grupo vai reformar 20 lojas do Extra Super e colocá-las sob a marca Compre Bem.

Oi (BOV:OIBR4): A Oi está planejando apresentar ao mercado em setembro, o desenho da operação de aumento de capital no valor de R$ 4 bilhões, prevista em seu plano de recuperação judicial.

Recomendação de Ativos

Vivo (BOV:VIVT4): Em relatório, a equipe do Morgan Stanley elevou a recomendação das ADRs da Vivo, negociadas na bolsa de Nova York, para overweight, com preço-alvo de US$ 14.

Tim Participações (BOV:TIMP3): A equipe do Morgan Stanley cortou o preço-alvo da ADR da Tim Participações, passando de US$ 24 para US$ 21. A recomendação equal-weight foi mantida no papel.

Notícias

Bitcoin (COIN:BTCUSD): O Bitcoin voltou a cair nesta quarta-feira (13) após um estudo realizado na Universidade do Texas afirmar que o rali de mais de 1.000% da moeda digital foi manipulado. Com isso, o mercado perdeu mais de US 25 bilhões de valor nas últimas 24 horas.  Nesta quinta-feira, às 9h11, a moeda estava cotada a US$ 6.506,04.

Minério de Ferro: Os contratos futuros do minério de ferro fecharam a jornada desta quinta-feira, com nova valorização de 0,74% a 473,50 iuanes por tonelada.

Copa do Mundo: Segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (13) pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, a Copa do Mundo deverá movimentar cerca de R$ 20,3 bilhões no comércio e setor de serviços no Brasil.

Agenda Econômica

CapturadeTela2018-06-14às09.16.25

Bruna Rodrigues é estudante de jornalismo pela universidade FIAM-FAAM. Repórter da ADVFN e responsável pela Bússola de Investimentos, Destaques do Dia, Criptomoedas e Boletim Focus. Contato: brunar@advfn.com.br

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.