IPC nos Estados Unidos; Ibovespa em alta

Google+ LinkedIn

O aguardado encontro entre Trump e Kim Jong-un falhou em deixar uma impressão significativa para os mercados. Firmando um acordo considerado vago, os mercados seguem rumo a uma semana turbulenta (devido às reuniões de três bancos centrais, incluindo o Fed), sem o risco já precificado de guerra nuclear.

O principal índice composto da Ásia encerrou o dia com leve queda, apesar de uma alta moderada nos principais mercados da região: Xangai, Tóquio e Hong Kong. Na Europa, os investidores estão cautelosos diante de uma importante votação no Reino Unido, e uma demissão de um membro do governo britânico. Nos EUA, os índices futuros sinalizam uma abertura de alta.

Um dia antes da decisão de política monetária do Federal Reserve, os mercados devem digerir dados de inflação nos Estados Unidos. O índice de preços ao consumidor apresentou alta de 0,2% em maio, dentro do esperado pelo mercado; já em 12 meses, o índice registra alta de 2,8%. Os números sugerem que a alta do índice tenha sido impulsionada pelos preços da gasolina e pelos custos de habitação.

Nas principais categorias, em 12 meses, a alta nos preços teve como origem os custos com energia (veja abaixo). No núcleo do índice, houve um acréscimo de 0,2% no mês, superando as estimativas do mercado de 0,1%.

Brasil

Após acumular quedas de aproximadamente 8% nos últimos 5 pregões, o Ibovespa tenta obter uma sessão de alta. O dólar renovou suas mínimas no momento em que houve a divulgação do IPC nos EUA, mas reverteu o sentido após o leilão de 30.000 contratos de swap cambial do Bacen às 10h30.

Oscilando entre altas e baixas, o dólar promete ter um dia volátil. Com um baixo fluxo de notícias econômicas no cenário local, a bolsa deve ter um ritmo semelhante ao do exterior. Entre as maiores altas no mercado, estão os ativos financeiros e imobiliários. Nas ações individuais, a Vale (VALE3) e o Banco do Brasil (BBAS3devem chamar as atenções.

Economista pela FEA-USP, mestre pela EESP-FGV, CNPI, tem 30 anos de experiência no mercado financeiro, tendo passado por diversas instituições financeiras, tanto como gestor de investimentos como Economista e Analista. Hoje é economista e analista da NOVA FUTURA CTVM.
http://pepasilveira.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.