Resumo semanal: Veja o que movimentou a política nesta semana

LinkedIn

Perdeu o que foi assunto no noticiário político nacional desta semana? Confira a seguir os principais destaques!

STF solta ex-ministro José Dirceu

Por 3 votos a 1, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na última terça (26) suspender a pena do ex-ministro José Dirceu a 30 anos de prisão na Operação Lava Jato.

A medida foi tomada a partir de um habeas corpus protocolado pela defesa de Dirceu. Votaram pela soltura o relator, Dias Toffoli, e os ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

José Dirceu foi preso no mês passado após ter a condenação confirmada pela segunda instância da Justiça Federal, com base no entendimento do STF, que autorizou a execução provisória da pena, após o fim dos recursos na segunda instância. O ex-ministro cumpre a pena na Penitenciária da Papuda, em Brasília.

Gestão Temer é reprovada por 79% dos brasileiros

Apenas 4% dos brasileiros consideram o governo de Michel Temer ótimo/bom, na medida que 16% considera o governo regular, e 79% reprovam, segundo a pesquisa Ibope divulgada na quinta-feira (28). A pesquisa questionou aos entrevistados sobre o modelo de gestão de Temer. 7% das pessoas aprovaram, enquanto que o peemedebista recebeu a desaprovação de 90%.

No caso da segurança pública, 14% aprovaram, e 83% desaprovaram. Na educação, 15% aprovaram, na medida que 83% desaprovaram. Com a saúde não foi diferente. 11% aprovaram, e 88% não aprovaram. No modelo de taxa de juros, 8% das pessoas aprovaram, em contrapartida, 89% desaprovaram. Ao finalizar, no caso do combate ao desemprego, apenas 11% dos entrevistados aprovaram, e 87% rejeitaram.

Ibope: Lula segue com 33%, Bolsonaro, 15%, Marina, 7%

Na quinta-feira (28), o Ibope divulgou o resultado da sua segunda pesquisa eleitoral para eleição presidencial de outubro.

No caso de um cenário com participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT),  o pestista recebe 33% das intenções, seguido do pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL), com 15%, Marina Silva (Rede), com  7%, Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) com 4%.

Já em um cenário sem a participação de Lula, Jair Bolsonaro (PSL) lidera com 17%, seguido de Marina Silva (Rede), com 13%, Ciro Gomes (PDT), com 8%, e Geraldo Alckmin (PSDB) com 6%. Candidatos como Álvaro Dias (Podemos) tem 3%, e Fernando Haddad (PT) com 2% das intenções.

Quando não foi apresentado um candidato, no caso de um voto espontâneoLula liderava com 21%, seguido de Jair Bolsonaro (PSL), com 11%. Marina e Ciro Gomes obtiveram apenas 2% dos votos, enquanto que Álvaro Dias e Geraldo Alckmin tiveram 1%.

Collor desiste de lançar candidatura à presidência

O senador e ex-presidente Fernando Collor (PTC-AL) desistiu de lançar candidatura a presidência da republica. Um comunicado assinado pelo presidente da legenda, Daniel Tourinho, aponta que “a sobrevivência” do partido foi um dos motivos para a desistência da candidatura própria. No entanto, o ex-presidente não chegou a comentar a decisão.

Collor, segundo pesquisa do Datafolha, só é assunto no cenário eleitoral, quando o tema é rejeição. A pesquisa apontou seu nome como um dos mais rejeitados pelos brasileiros.

Datena confirma pré-candidatura ao Senado

Nesta semana, a Band recebeu um pedido inesperado do apresentador José Luiz Datena, mais conhecido por Datena. O apresentador notificou a emissora sobre a sua saída para lançar  pré-candidatura ao Senado nas eleições deste ano. De acordo com a legislação eleitoral prevista, radialistas, apresentadores de programas e comentaristas que desejam se candidatar devem se afastar da grade de programação dos seus veículos até o dia 30 de junho.

O apresentador será candidato pelo DEM.

Temer se encontra com vice-presidente dos EUA

Tentar derrubar as “barreiras no comércio”  foi um dos assuntos discutidos entre o vice-presidente americano, Mike Pence, em um encontro na terça-feira (26), em Brasília, com Michel Temer. O peemedebista disse a imprensa que a negociação foi um acordo natural:

“O vice-presidente Pence até tomou iniciativa de suscitar a questão do aço e do alumínio, e nós concordamos, naturalmente, em seguir trabalhando para eliminar barreiras ao comércio entre os nossos países”, disse Temer na declaração.

Projeto Comprova combaterá Fake News nas eleições

Com o intuito de combater a disseminação dos boatos durante as eleições presidenciais, 24 redações brasileiras trabalharão de forma colaborativa para desmascararem as noticias falsas, também conhecidas por fake news, que rondam a internet. O projeto, batizado de Comprova, foi lançado na última quinta-feira (28) durante o Congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), em São Paulo.

O projeto, de acordo com o JC Online, é baseado em uma experiência do CrossCheck usada na eleição presidencial da França em 2017, sob a coordenação do First Draft.

Comentários

  1. BRUNO SARAIVA SANTANA diz:

    O Geraldo governou muito bem, e por vários anos, o Estado de São Paulo, tem responsabilidade fiscal, é uma pessoa simples, honesta, tolerante, tem boas propostas isso é muito importante numa democracia, é disso que o Brasil precisa agora!

  2. Pedro Caldas diz:

    Alckmin é o melhor candidato disparado! o cara governou SP 4x.. quem conhece SP sabe que é exemplo pro Brasil! não da pra entregar essa eleição pra um aventureiro! Voto Geraldo Alckmin!

  3. Pedro Caldas diz:

    Alckmin tá se movimentando bem, pra quem acredita em pesquisa vai ser uma grande surpresa! #GeraldoPresidente

  4. ana diz:

    Não há campeão nem perdedor antes de começar a partida e pesquisas nessa altura do campeonato não quer dizer nada.Alckmin subirá nas pesquisas assim que a campanha começar e a população ter a oportunidade de conhecer o excelente trabalho feito em SP por ele.

  5. Marcia diz:

    Alckmin foi um excelente governador em São Paulo mas não é tão conhecido nos outros estados. Por isso não podemos levar em conta as pesquisas que são feitas antes do início da campanha de TV. É assim que a grande massa conhece seus candidatos e fazem suas escolhas.

  6. Pablo diz:

    Pra min o candidato mais preparado é o Geraldo Alckmin.

Deixe um comentário