Tesouro Direto suspende negócios até meio-dia; juro real da NTN-B longa cai para 5,85%

LinkedIn

O Tesouro Direto voltou a suspender os negócios de vende de títulos federais pela internet para o investidor de varejo hoje pela manhã. A suspensão ocorreu às 9h40, logo depois da abertura às 9h30, e deve durar até o meio-dia.

As taxas dos papéis estavam em alta novamente, com o título corrigido pela inflação (NTN-B) para 2024 pagando 5,65% reais mais IPCA, ante 5,60% ontem. Para os prazos mais longos, 2035 e 2045, as taxas reais caíram, de 5,95% ontem para 5,85% hoje além do IPCA.

As maiores quedas, porém, ocorreram nos papéis prefixados. O título com juros semestrais, a NTN-F, com vencimento em 2029, caiu de 12,18% para 11,89% hoje, acompanhando as ações do Banco Central (BC) vendendo títulos com compromisso de recompra por nove meses e o Tesouro recomprando os papéis. As LTN, que pagam juros só no vencimento, com prazo até 2025, caíram de 12,06% para 11,70% ao ano.

As constantes suspensões do Tesouro Direto são um complicador para quem quer sacar os recursos, especialmente quando a suspensão ocorre no fim do dia e dura até o dia seguinte, o que impede o investidor de programar o resgate durante a noite. É preciso ficar atento aos comunicados no pé da página principal do Tesouro Direto.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.