Tenda foi bem avaliada pelo mercado e preço-alvo dispara

LinkedIn

O setor imobiliário ainda patina para se recuperar do tombo dos últimos anos e, por isso, o crescimento de 24,4% na comparação anual e de 13,5% na base trimestral das vendas da Tenda foi bem-visto pelo mercado.

Tenda Construtora (BOV:TEND3) apresentou ontem a prévia operacional do segundo trimestre e tiveram os resultados elogiados por equipes de analistas.

Safra Corretora elevou o preço-alvo do papel de R$22,10 para R$37,8 e a recomendação de neutra para outperform após prévia operacional positiva para o segundo trimestre. Equipe também levou em conta o guidance e as margens da companhia para este ano.

Credit Suisse avalia que a prévia operacional mostrou desempenho forte da velocidade sobre vendas, a maior  já registrada pela construtora e acima das rivais Direcional e MRV. Eles apontaram que, apesar de o papel não estar mais “uma barganha”, continua atrativo por conta da rentabilidade crescente.

Bradesco BBI disse que, após a prévia, vê o lucro trimestral da Tenda em alta, com geração de fluxo de caixa sólido. Com o papel negociando a 1,26 vezes o valor patrimonial, a recomendação de compra da Tenda ON se justifica; os analistas mantiveram o preço-alvo de R$35 para a ação.

A ação apresenta mais de 20% de ganhos na ação desde começo deste mês mas fechou essa terça-feira(17) em baixa de 0,9% com o papel cotada a R$27,93.

Tenda170718

 

A empresa vai apresentar o resultado do segundo trimestre no dia 13/08/2018.

Deixe um comentário